Que venham as brasileiras, diz May, do vôlei de praia

quarta-feira, 25 de julho de 2012 18:35 BRT
 

Por Estelle Shirbon

LONDRES, 25 Jul (Reuters) - Depois de comer o bolo em Atenas e a cereja em Pequim, a jogadora de vôlei de praia Misty May-Treanor quer raspar a cobertura com a companheira Kerri quando forem em busca de um inédito terceiro ouro olímpico em Londres.

"Em Atenas pensei, 'tudo bem, consegui tudo que queria'", disse a norte-americana de 34 anos aos repórteres nesta quarta-feira.

"Em Pequim relaxei, curti minha família e meus amigos e foi algo do tipo 'ótimo, isso é a cereja no bolo'".

Conquistar o ouro em Londres seria terminar a sobremesa de vez.

May-Treanor e Walsh, de 33 anos, são a única dupla que arrebatou dois ouros desde que o vôlei de praia estreou, na Olimpíada de Atlanta-1996. Elas estão entre as favoritas na capital inglesa, e Brasil e China, suas principais adversárias.

"Kerri e eu obviamente queremos o terceiro (ouro), ninguém conseguiu ainda", declarou.

"Esta é minha última Olimpíada, então vou aproveitar a jornada, cada treino, cada momento na areia."

Um terceiro ouro seria um feito, dado o que as duas jogadoras passaram desde Pequim. Nos dois anos que passaram afastadas cuidando de outros interesses, May-Treanor machucou o tendão de Aquiles participando do programa de TV "Dancing With The Stars", enquanto Walsh deu à luz dois filhos.   Continuação...