Final de torneio olímpico de tênis pode ser repetição de Wimbledon

quinta-feira, 26 de julho de 2012 12:53 BRT
 

Por Kylie MacLellan

LONDRES, 26 Jul (Reuters) - O primeiro cabeça-de-chave do torneio olímpico de tênis, Roger Federer, pode se encontrar com o britânico Andy Murray na final da competição, uma repetição do duelo de Wimbledon no início do mês, segundo o sorteio das chaves anunciado nesta quinta-feira.

Número um do mundo e vencedor de 17 torneios de Grand Slam, Federer, que busca sua primeira medalha olímpica em disputa de simples, jogará contra o colombiano Alejandro Falla na partida de abertura.

Federer, que bateu Murray e arrebatou seu sétimo título em Wimbledon, teve que virar um jogo que perdia de dois sets para derrotar Falla na primeira rodada de Wimbledon em 2010.

O sérvio Novak Djokovic, segundo cabeça de chave, enfrentará o italiano Fabio Fognini.

Djokovic, que levou o bronze na Olimpíada de Pequim, está na mesma chave de Murray, número um da Grã-Bretanha, que encontraria na semifinal.

Antes disso, o terceiro cabeça de chave Murray terá que vencer Stanislas Wawrinka, conterrâneo de Federer, em sua partida inaugural, um anúncio que causou tumulto na sala repleta de líderes de delegações, autoridades e jornalistas.

Wawrinka levará a bandeira suíça na cerimônia de abertura da Olimpíada de Londres na sexta-feira e terá que esperar até que o cronograma de jogos seja divulgado, também na sexta, para saber se terá que jogar no sábado, primeiro dia de competição.

A primeira cabeça de chave bielorrussa Victoria Azarenka enfrentará a romena e número 79 do ranking, Irina-Camelia Begu, em sua primeira partida, e a norte-americana Serena Williams, que recentemente conquistou seu quinto título em Wimbledon, encara a ex-número um do mundo sérvia Jelena Jankovic.

Nenhum dos medalhistas de ouro de Pequim voltará para defender seus títulos. O espanhol Rafael Nadal foi forçado a desistir por causa de uma lesão e a russa Elena Dementieva se aposentou.