27 de Julho de 2012 / às 23:01 / 5 anos atrás

Cerimônia de abertura coroa esforço de milhares de voluntários

Por William James

LONDRES, 27 Jul (Reuters) - A apresentação exuberante que a Grã-Bretanha fez para o mundo nesta sexta-feira foi o auge de meses de ensaios debaixo de chuva de milhares de voluntários.

Para alguns dos 7.500 amadores que se apresentaram, preparar-se para a cerimônia de abertura da Olimpíada de Londres exigiu viagens longas e tardias e gasto pessoal - mas deixou lembranças para uma vida toda.

“Assim que soube, em janeiro, que seria isso que iria fazer, coloquei minha vida em suspenso. Pensei ‘nesses três meses não vou fazer nada, não vou a canto algum’”, disse Patricia Henley, uma pesquisadora universitária sediada em Londres que fez uma das centenas de enfermeiras dançando ao redor de camas de hospital.

Ela começou a ensaiar em meados de abril em um segmento criado pelo diretor Danny Boyle (Oscar com ‘Quem quer ser um milionário?') para prestar homenagem à equipe do Serviço de Saúde Nacional (NHS, na sigla em inglês).

No total, ela e seu grupo passaram quase 150 horas aperfeiçoando seu número.

“Exigiu muito de nós”, disse Matt Andrews, ator voluntário de Leytonstone, no leste londrino.

””“No começo me questionei se deveria fazer isso, por causa do tempo exigido. Mas minha esposa me encorajou muito e disse ‘não, você deve ir, vai se arrepender se não for’, e ela tinha absoluta razão”, disse ele.

O alto astral e a camaradagem eram visíveis nas últimas horas antes de os participantes entrarem no Parque Olímpico para se vestir e maquiar.

“Fiz alguns ótimos amigos aqui, amigos pra toda a vida, e isso resume a Olimpíada. Para mim, a Grã-Bretanha está sendo realmente inclusiva - tantas pessoas de todas as profissões se unindo para dar esse show”, declarou Andrews.

Em um ensaio debaixo de chuva no início do mês, alguns dos voluntários distribuíram partituras e irromperam em um verso modificado da balada irlandesa ‘Danny Boy’ que planejaram através de um grupo secreto no Facebook para expressar sua gratidão a Boyle.

Para alguns, participar da cerimônia custou mais que noites e finais de semana. Pam Hollyman, que trabalhou para a NHS durante 32 anos, disse que tem viajado de sua casa em Chichester, no sudoeste de Londres, a um custo total de 400 libras (630 dólares).

“Gastaria isso nas férias, mas isto aqui valeu a pena”, disse ela.

Outros dizem conhecer pessoas que viajaram de locais distantes como Belfast, na Irlanda do Norte, e Edinburgo, capital da Escócia.

“Tive que contar com minha família, estas últimas semanas foram duras para eles. Mas valeu a pena, vieram ver os ensaios e acharam incrível”, contou Jess Hillicks, que viajava duas horas de trem e metrô para chegar ao parque.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below