28 de Julho de 2012 / às 13:22 / 5 anos atrás

Thiago avança em 4o para final que Phelps quase ficou fora

Thiago Pereira nada na prova masculina de 400 metros medley preliminar no Centro Aquático dos Jogos Olímpicos de Londres. 28/07/2012 REUTERS/Toby Melville

Por Pedro Fonseca

LONDRES, 28 Jul (Reuters) - Numa eliminatória surpreendente dos 400 metros medley, em que Michael Phelps, o atual campeão olímpico, quase ficou fora e o Laszlo Cseh, o atual vice, foi eliminado, o brasileiro Thiago Pereira avançou para a disputa de medalhas, mais tarde neste sábado, com o 4o tempo e disse que ainda tem como melhorar.

Thiago, disputando sua terceira Olimpíada e que tem como melhor resultado na prova o 8o lugar em Pequim-2008, foi o primeiro brasileiro a cair na piscina do Centro Aquático de Londres nas eliminatórias disputadas pela manhã e será o único a voltar para a disputa de medalhas.

Joanna Maranhão, 5a colocada em Atenas-2004, não disputou as eliminatórias femininas dos 400m medley após sofrer uma queda em consequência de um desmaio e cortar o supercílio, enquanto Daynara de Paula foi apenas a 33a colocada nos 100m borboleta.

Dois brasileiros vão disputar à tarde as semifinais dos 100m peito, Felipe França e Felipe Lima. Ambos, no entanto, só conseguiram avançar nas duas últimas posições, 15o e 16o, respectivamente, e vão precisar baixar bastante suas marcas para entrar entre os oito finalistas.

“A primeira caída na água tem sempre aquela ansiedade, querendo ou não a gente quer sempre saber com está depois de todo o treinamento”, disse Thiago a jornalistas após garantir sua vaga na final com o tempo de 4min12s39.

“Esse 4min12 de manhã fiquei bastante feliz e consegui o importante que era classificar para a final. Sempre os oito que estão na final têm grandes chances de brigar pelo pódio. Espero ir melhor do que agora, quem sabe 4min10 ou quem sabe mais baixo”, acrescentou.

O melhor tempo das eliminatórias foi do japonês Kosuke Hagino (4min10s01), à frente do sul-africano Chad le Clos (4:12.24). O favorito ao ouro Ryan Lochte, dos Estados Unidos, ficou em 3o com a marca de 4min12s35.

Já seu compatriota Michael Phelps, vencedor da prova nas duas últimas Olimpíadas, precisou apertar o ritmo no final para conseguir o 8o e último tempo entre os finalistas, 4min13s33. Seu antigo rival Csech, da Hungria, não conseguiu o mesmo e ficou em 9o, apenas 0so7 atrás.

Reportagem de Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below