CURTAS-Judoca que deixou medalha quebrar no banho ganhará outra

segunda-feira, 30 de julho de 2012 13:33 BRT
 

LONDRES, 30 Jul (Reuters) - Felipe Kitadai, o judoca brasileiro que deixou sua medalha de bronze quebrar ao tomar banho com o objeto de desejo, vai ganhar uma nova medalha do Comitê Olímpico Internacional (COI) para substituir a que quebrou.

Após subir ao pódio na categoria ligeiro (até 60kg) de forma surpreendente, no sábado, Kitadai prometeu que não ia desgrudar da medalha. Até para o banho o judoca a levou. Mas, por um descuido, deixou cair no chão e o suporte que segura a fita da medalha quebrou.

Atendendo a um pedido do Brasil, o COI decidiu dar uma nova medalha ao brasileiro.

"TORRES GÊMEAS"

O locutor oficial da arena de vôlei dos Jogos de Londres cometeu uma gafe ao final da vitória da seleção feminina da Rússia sobre a República Dominicana. Ao referir-se à altura de duas jogadoras russas com mais de 2 metros, ele disse que as dominicanas não conseguiram "lidar com as torres gêmeas" da Rússia.

O detalhe é que o comentário foi feito antes da partida do Brasil contra os Estados Unidos, num momento em que o ginásio já estava cheio de torcedores norte-americanos. Em 11 de setembro de 2001, as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, foram derrubadas num ataque com aviões sequestrados.

SURPRESA

A nadadora Joanna Maranhão, que não conseguiu nadar os 400m medley no sábado após desmaiar dentro do quarto e cortar o supercílio poucas horas antes das eliminatórias da prova, estreou na piscina do Centro Aquático de Londres, nesta segunda-feira, nos 200m medley.

Joanna terminou sua bateria em penúltimo lugar (7o), mas conseguiu avançar entre as 16 que passaram para a semifinal da prova, a ser disputada mais tarde nesta segunda. Até ela ficou surpresa com a classificação.

"Eu entrei na semifinal?", perguntou, em choque, ao confirmar a classificação, antes de cair no choro.

(Reportagem de Pedro Fonseca)