Parque Olímpico tem confusão por causa de revenda de ingressos

terça-feira, 31 de julho de 2012 15:19 BRT
 

Por Toby Davis e Paul Casciato

LONDRES, 31 Jul (Reuters) - Os visitantes do Parque Olímpico, no leste de Londres, enfrentaram na terça-feira filas durante horas, imploraram por informações sobre a revenda de ingressos e iam de uma bilheteria para outra no dia em que a Associação Olímpica da Grã-Bretanha exigiu que o COI arrume o sistema de bilhetes.

Muitos guias do parque não sabem exatamente como isso funciona, mas visitantes descobriram que as bilheterias do ginásio de basquete estavam vendendo ingressos de segunda mão disponíveis para jogos de basquete e hóquei e que a bilheteria de Copperbox podia vender assentos para handebol e polo aquático.

As pessoas na fila não sabiam ao certo se os ingressos foram reciclados de espectadores que haviam deixado os locais ou se eram os assentos reservados para as autoridades que causaram furor na Grã-Bretanha, depois que as imagens dos primeiros dias dos Jogos mostraram cadeiras vazias para os eventos para os quais milhares de britânicos tentaram comprar ingressos desesperadamente.

"Ao menos eles estão fazendo alguma coisa e podem ser lugares muito bons, se forem para os notáveis", disse Sue Kerr, de Cambridge, que passou o dia no parque com o marido, a filha e o neto.

Os quatro foram recompensados pela paciência e o talento para encontrar a fila certa e permanecer nela. Eles compraram os melhores ingressos do parque para ver o time de hóquei feminino da Grã-Bretanha jogar contra a Coreia por 5 libras (7,83 dólares) para adultos e 1 libra para o neto de 8 anos.

"O placar está em 2-1 para a Grã-Bretanha e os assentos são ótimos", afirmou Kerr. "Foi uma longa espera, mas valeu muito a pena no final."

Os guias do parque nas bilheterias deram informações conflitantes sobre onde comprar os ingressos e o que poderia ser comprado e boa parte da informação foi passada boca a boca pelos visitantes.

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos em Londres (Locog) disse que havia nas bilheterias do parque ingressos de segunda mão de espectadores que deixaram os eventos.