Atleta do windsurfe de Portugal abandonou Jogos por gravidez

quarta-feira, 1 de agosto de 2012 10:03 BRT
 

LISBOA, 1 Ago (Reuters) - A atleta do windsurfe de Portugal Carolina Borges abandonou os Jogos Olímpicos por estar grávida, sem técnico e apoio necessário da missão portuguesa, disse a competidora a um jornal esportiva.

Borges surpreendeu as autoridades portuguesas na terça-feira ao comunicar sua desistência por email citando razões pessoais e médicas, sem dar detalhes.

"Estou grávida de três meses', disse ela em entrevista publicada nesta quarta-feira no diário A Bola. "Estou triste, mas imagine se eu quebrasse alguma coisa estando grávida, como seria?"

Ainda assim, Borges disse que teria competido se tivesse recebido mais apoio da delegação de Portugal.

"Nunca tive nenhum subsídio ou apoio moral. Levei adiante a decisão de desistir porque me faltava apoio", disse. "Se tivesse tido o apoio de um técnico as coisa teriam sido diferentes, e teria arriscado competir."

A missão portuguesa disse que irá conduzir uma investigação do incidente.

Brasileira de nascimento, Borges, de 33 anos, representou o Brasil na Olimpíada de Atenas em 2004, mas mais tarde se juntou ao time de Portugal. Ela vive em Miami e é casada com o velejador norte-americano Mendelblatt, que compete na Olimpíada de Londres na classe Star.

Borges afirmou que planeja continuar ao lado de seu marido durante sua estadia nos Jogos.

(Por Daniel Alvarenga)