Com pernas protéticas, corredor é liberado para revezamento

quarta-feira, 1 de agosto de 2012 14:45 BRT
 

Por Peter Rutherford

LONDRES, 1 Ago (Reuters) - Oscar Pistorius saudou nesta quarta-feira a decisão da Federação Internacional de Atletismo (Iaaf) de permitir que ele corra o revezamento 4x400 metros em qualquer posição nos Jogos de Londres, mas o atleta duplamente amputado, apelidado de 'Blade Runner', acha que vale mais para a equipe da África do Sul se correr em segundo ou terceiro lugar.

Pistorius, que corre usando lâminas protéticas de fibra de carbono, começou o revezamento pela África do Sul em campeonatos mundiais do ano passado em meio a preocupações sobre a segurança dos outros atletas durante as trocas de bastão.

Após uma reunião do conselho da Iaaf em Londres na terça-feira, no entanto, o presidente da federação, Lamine Diack, disse que não cabia a eles determinar as ordens de revezamento.

"Se eles querem que ele corra a segunda etapa, ele pode correr a segunda etapa. Não há problema algum para nós", disse ele a repórteres.

Diack tinha dito no ano passado no Campeonato Mundial na Coreia do Sul que Pistorius deveria correr primeiro.

"A única coisa que dissemos para a federação sul-africana é que se ele quer correr no revezamento, ele deve correr a primeira etapa para evitar perigo para os outros atletas", disse ele.

Nesta quarta-feira, Pistorius afirmou que as preocupações de segurança foram exageradas e tanto a Iaaf quanto o Comitê Olímpico Internacional (COI) estavam satisfeitos em permitir que o atleta de 25 anos corresse em qualquer posição.

"Já corri tantos revezamentos desde 2004 e nunca houve um incidente", disse ele em uma coletiva de imprensa lotada. "Eu corri a primeira etapa no ano passado, e a Iaaf e o COI estão felizes comigo correndo qualquer etapa."   Continuação...