Roberto Carlos se aposenta e vira diretor do Anzhi

quarta-feira, 1 de agosto de 2012 19:15 BRT
 

MOSCOU, 1 Ago (Reuters) - O zagueiro Roberto Carlos anunciou nesta quarta-feira o fim oficial da sua carreira nos gramados, embora ele já não jogue desde março pelo seu clube, o Anzhi Makhachkala, na república russa do Daguestão.

Campeão mundial pela seleção em 2002, dono de um chute poderoso, Roberto Carlos estava no futebol russo desde fevereiro de 2011.

"Roberto foi um jogador de nível mundial, mas infelizmente ele não joga mais", disse o técnico do time, Guus Hiddink. "Felizmente, Roberto agora vai assumir um papel para desenvolver o clube pelo bem do esporte na região do Daguestão e em toda a Rússia."

O jogador, de 39 anos, disse que planeja um jogo de despedida contra o Real Madrid, clube onde brilhou. "Havíamos nos reunido com o presidente do Real, Florentino Pérez, e discutido essa partida entre o Real e o Anzhi. Precisamos estabelecer uma data adequada a ambos os clubes. Eu gostaria que a minha despedida fosse em Makhachkala (capital do Daguestão)."

O bilionário proprietário do Anzhi, Suleiman Kerimov, havia dito no ano passado que esperava fazer de Roberto Carlos o embaixador mundial do clube.

Roberto Carlos disputou 125 partidas pela seleção, inclusive nas Copas de 1998, 2002 e 2006, e foi duas vezes campeão da Copa América. Seu último clube no Brasil foi o Corinthians.

(Reportagem de Gennady Fyodorov)