Cielo diz que defenderá título dos 50m "com unhas e dentes"

quarta-feira, 1 de agosto de 2012 20:36 BRT
 

Por Pedro Fonseca

LONDRES, 1 Ago (Reuters) - Ter virado os primeiros 50 metros na liderança pode ter sido uma indicação do favoritismo de Cesar Cielo para conquistar o bicampeonato olímpico da distância, mas não serviu para diminuir a frustração por ter ficado apenas em 6o na final dos 100 metros livre, prova em que é recordista mundial, nos Jogos de Londres, nesta quarta-feira.

Apesar de já saber que não estava entre os favoritos para vencer, em parte por ter focado sua preparação nos 50m, Cielo tinha confiança que nadando abaixo de 48s conseguiria repetir o pódio conquistado em Pequim-2008, quando ficou com o bronze nos 100m antes de conquistar sua medalha de ouro.

Seis nadadores, no entanto, completaram a prova na casa dos 47s e o brasileiro foi o mais lento entre eles, sem conseguir manter na volta o mesmo ritmo forte que o fez passar em primeiro na virada da metade da prova.

"Eu não vou mentir, gostaria muito de ter batido em último e chegado em 3o, 2o ou 1o. Mas foi uma prova super disputada, o pessoal nadou muito bem", disse Cielo, após disputar sua primeira final no Centro Aquático de Londres.

"É difícil você ver numa final, que é mais tensa, tanta gente baixando tanto o tempo. Fiz a minha parte que era nadar abaixo de 48s, mas hoje não deu para mim", acrescentou o nadador, cujo tempo em Londres foi o seu melhor no ano.

A vitória nos 100m ficou com o norte-americano Nathan Adrian, que não estava entre os favoritos, com o tempo de 47s52, à frente do australiano James Magnussen (47s53) e do canadense Brent Hayden (47s80).

Cielo, que já tinha ficado fora do pódio nos 100m livre no Mundial de Xangai no ano passado (foi o 4o) voltará à piscina já na quinta-feira pela manhã para as eliminatórias dos 50m livre e, avançando como esperado, terá as semifinais à tarde. A disputa de medalhas será na sexta-feira.

O brasileiro teve o melhor tempo de reação na largada --que é fundamental numa prova de 50m, em que a diferença entre os nadadores fica na casa dos centésimos de segundo.   Continuação...

 
O brasileiro Cesar Cielo se concentra para prova dos 100m livre nos Jogos de Londres, em que ficou em 6o lugar. REUTERS/Jorge Silva