Cielo vai às semi dos 50m com 2o tempo após noite mal dormida

quinta-feira, 2 de agosto de 2012 08:11 BRT
 

Por Pedro Fonseca

LONDRES, 2 Ago (Reuters) - Voltar à piscina poucas horas após terminar em 6o lugar na final dos 100m nado livre pesou para Cesar Cielo, que fez apenas o suficiente para se classificar com o 2o melhor tempo para as semifinais dos 50m livre, prova em que é o atual campeão olímpico, na manhã desta quinta-feira.

O também brasileiro Bruno Fratus, nadando ao lado de Cielo na oitava e última bateria das eliminatória da prova mais rápida da natação mundial, bateu praticamente junto com o campeão de Pequim-2008 e fez o 3o tempo entre os classificados.

Cielo, que na noite anterior virou os primeiros 50 metros na liderança mas não conseguiu manter o ritmo e acabou em 6o na final dos 100m livre --prova em que tinha conquistado o bronze há quatro anos na China-- teve uma largada pior do que na prova da véspera e ainda respirou uma vez quase na chegada.

Para a semifinal de mais tarde nesta quinta, o brasileiro disse que vai conseguir colocar em prática o que pretende fazer na final de sexta-feira para conquistar a segunda medalha de ouro da história da natação brasileira em Jogos Olímpicos.

"Foi difícil dormir na noite passada depois da prova porque terminou muito tarde, então hoje de manhã eu estava mais preocupado em fazer o esforço suficiente para classificar", disse Cielo logo após a prova no Centro Aquático de Londres.

"O trabalho está feito. Agora é uma questão de descansar e ser mais rápido de noite para garantir um lugar no final. Dei uma respiradinha no final e hoje à noite dá para nadar bem melhor do que isso", acrescentou o brasileiro, recordista mundial da distância (20s91, com traje tecnológico que atualmente está proibido) e que também possui o melhor tempo do mundo em 2012 (21s38).

O melhor tempo das eliminatórias foi de George Bovell, de Trinidad e Tobago, que nadou em 21s77 na 6a bateria. Cielo fez 21s80 e Fratus, 21s82.

Também avançaram para as semifinais os norte-americanos Cullen Jones e Anthony Ervin, 2o e 3o do ranking mundial, respectivamente, e o australiano James Magnussen, considerado o maior rival de Cielo antes dos Jogos mas que decepcionou na final dos 100m livre, ficando em 2o, e também no revezamento 4x100m, prova em que a Austrália ficou fora do pódio.   Continuação...

 
Cesar Cielo antes do início da prova preliminar dos 50 metros livre no Centro Aquático dos Jogos Olímpicos de Londres. Voltar à piscina poucas horas após terminar em 6o lugar na final dos 100m nado livre pesou para Cesar Cielo, que fez apenas o suficiente para se classificar com o 2o melhor tempo para as semifinais dos 50m livre. 02/08/2012 REUTERS/Jorge Silva