Desclassificada da Olimpíada, atleta chinesa abandona badminton

quinta-feira, 2 de agosto de 2012 09:58 BRT
 

Por Ben Blanchard

PEQUIM, 2 Ago (Reuters) - Caída em desgraça, a jogadora chinesa Yu Yang decidiu abandonar o badminton, e autoridades do país pediram aos líderes de suas equipes olímpicas e suas jogadoras que peçam desculpas públicas por entregar partidas nos Jogos de Londres.

Yu foi uma de oito jogadoras de duplas expulsas da Olimpíada na quarta-feira. As outras foram sua colega de equipe Wang Xiaoli, as duplas sul-coreanas Jung Kyung-eun e Kim Ha-na e Ha Jung-eun e Kim Min-jung e as indonésias Greysia Polii e Meiliana Jauhari.

"Esta é minha última competição. Adeus Federação Mundial de Badminton (BWF na sigla em inglês), adeus meu amado badminton", escreveu Yu em seu microblog Tencent. "Nós... só escolhemos usar as regras para desistir da partida."

"Isso foi só para poder competir melhor na segunda rodada da fase eliminatória. Esta é a primeira vez que a Olimpíada muda (o formato do evento). Não entendem o mal que isso fez às atletas?"

"Vocês destruíram nossos sonhos cruelmente", afirmou Yu. "É simples assim, mas é imperdoável."

Yu e Wang eram as cabeças-de-chave do evento.

As oito jogadoras foram eliminadas dos Jogos pela BWF por entregar as partidas na tentativa de garantir uma chave mais favorável mais adiante no torneio.

A visão de quatro duplas jogando com descaso deliberadamente revoltou a plateia de lotada de 4.800 pessoas, que esperavam ver a nata do esporte.   Continuação...

 
Chinesas Wang Xiaoli e Yu Yang jogam contra as coreanas Jung Kyung-eun e Kim Ha-na durante partida de badminton dos Jogos Olímpicos de Londres. Caída em desgraça, a jogadora chinesa Yu Yang decidiu abandonar o badminton. 31/07/2012 REUTERS/Bazuki Muhammad