Mulheres de topless protestam em Londres contra regimes islâmicos

quinta-feira, 2 de agosto de 2012 15:20 BRT
 

LONDRES, 2 Ago (Reuters) - Duas mulheres com os seios à mostra e pintadas com os slogans "vergonha olímpica" e "Não à Sharia" protestaram na frente da prefeitura de Londres nesta quinta-feira contra o que elas chamaram de "regimes islâmicos sangrentos" participantes dos Jogos Olímpicos.

Elas eram integrantes do grupo ucraniano de direitos das mulheres Femen, que tem realizado inúmeros protestos de topless em toda a Europa, incluindo na Euro 2012 na Polônia e na Ucrânia, onde a preocupação era a prostituição nas cidades-sede.

"Os regimes são os fascistas de nosso tempo, eles tratam as mulheres como cidadãs de terceira classe", disse a manifestante Reza Moradi, sem especificar quaisquer países. "É contra isso que somos contra, é contra isso que elas estão protestando agora."

Manchadas com tinta que parece sangue e usando coroas de flores na cabeça, as duas mulheres de topless correram em torno da entrada da prefeitura, no centro de Londres, por cerca de 10 minutos perseguidas por uma terceira manifestante antes de serem cobertas e levadas por policiais.

Uma porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI) não quis fazer nenhum comentário sobre o ocorrido.

(Reportagem de Li-mei Hoang)