Acidente realça temores de segurança de ciclistas em Londres

quinta-feira, 2 de agosto de 2012 15:53 BRT
 

LONDRES, 2 Ago (Reuters) - Ciclistas de Londres exigiram vias mais seguras nesta quinta-feira depois que um jovem em uma bicicleta foi morto em um acidente com um ônibus de transporte olímpico, poucas horas depois de o vencedor da Volta da França, o britânico Bradley Wiggins, ter conquistado o ouro na prova contra o relógio.

O jovem de 28 anos, identificado pela polícia como Daniel Harris, foi declarado morto no local depois que ele colidiu com um ônibus que transportava jornalistas do Parque Olímpico, na noite de quarta-feira.

"Esta batida confirma os nossos piores receios sobre a falha das autoridades olímpicas e do transportes para Londres de oferecer rotas ciclísticas seguras ao redor do Parque Olímpico: uma enorme quantidade de dinheiro foi gasto com muito pouco para mostrar", disse Ashok Sinha, presidente-executivo da Campanha Ciclismo Londres.

Philip Benstead, membro da instituição de caridade de ciclismo nacional CTC, afirmou que o grupo quer melhorar a segurança nas estradas melhorando a formação de ciclistas e motoristas.

Wiggins reagiu na quarta-feira ao sugerir que ciclistas poderiam ser obrigados a usar capacetes. "Eu fui derrubado várias vezes", lembrou ele sobre andar de bicicleta em Londres no passado. "Há um monte de coisas que precisam ser feitas no ciclismo."