Federer bate Del Potro e vai à final contra Murray

sexta-feira, 3 de agosto de 2012 18:28 BRT
 

Por Rex Gowar

LONDRES, 3 Ago (Reuters) - Roger Federer bateu o argentino Juan Martín Del Potro por 3-6, 7-6 e 19-17 nesta sexta-feira, em uma semifinal de altíssimo nível, de quatro horas e 26 minutos de duração, e chegou à final dos Jogos de Londres e a um passo do único título que lhe falta: o ouro olímpico.

Na disputa do título, o tenista suíço se medirá com o britânico Andy Murray, que na outra semifinal derrotou o sérvio Novak Djokovic por 7-5 e 7-5. Murray tentará se vingar da derrota sofrida semanas atrás na final de Wimbledon.

"Foi uma grande partida, muito dura do começo ao fim. Juan Martín foi muito bem, soube se manter no jogo. Tive sorte de me recuperar (de uma quebra) no segundo set", disse Federer. "Obviamente lamento por Juan Martín, mas ele pode se sentir muito orgulhoso."

"Ter que sacar tantas vezes é duro e desgasta, e talvez poderia ter saído da partida como vencedor antes, mas também como perdedor, acho que tive sorte de me manter no jogo. Gostei de minha atitude hoje, estou feliz."

Del Potro ficou arrasado com a derrota, a mais demorada dos Jogos desde 1968, segundo anunciou a Federação Internacional de Tênis.

"Perder assim dói muito", disse um cabisbaixo Del Potro, com lágrimas nos olhos, aos repórteres. Agora o argentino buscará o bronze diante de Djokovic, terceiro nos Jogos de Pequim em 2008.

Del Potro levou o primeiro set com certa facilidade depois de quebrar o serviço de Federer no oitavo game em sua segunda tentativa de quebra.

O segundo set, mais disputado à medida que a qualidade do jogo de ambos jogadores crescia, foi decidido no tie-break, que o número 1 do mundo venceu por 7-5.   Continuação...