Para alguns, a Olimpíada acabou e é hora de festejar

domingo, 5 de agosto de 2012 17:38 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES, 5 Ago (Reuters) - Na Vila Olímpica, a evolução da espécie acontece da noite para o dia.

O segundo fim de semana dos Jogos Olímpicos é um divisor de águas, a súbita transformação de alguns dos homens e mulheres mais dedicados e competitivos em feras soltas atrás de farra e diversão.

Na última semana dos Jogos, ter um remador ou nadador como vizinho não parece mais uma ideia tão boa.

Para eles, os Jogos acabaram. As competições se encerraram, as medalhas estão guardadas e agora - como nos incentivos às plateias no Parque Olímpicos - é hora de se juntar aos espectadores e fazer barulho.

O remador britânico Mark Hunter, campeão olímpico em 2008 e medalhista de prata no sábado, foi indagado sobre seu futuro.

"Muita festança e bebedeira na próxima semana, é Olimpíada, hora de se divertir e socializar na segunda parte da semana", respondeu.

"É cedo demais para pensar em qualquer coisa além disso. O negócio é apoiar a delegação britânica, subir no quadro de medalhas com outros esportes e ver o que conseguimos conquistar como equipe."

O compatriota Peter Wilson, que levou um ouro no tiro, declarou que vai "ficar muito, muito bêbado e talvez fazer alguma bobagem".   Continuação...