Corredores caribenhos querem dominar provas curtas

segunda-feira, 6 de agosto de 2012 09:24 BRT
 

Por Kevin Liffey

LONDRES, 6 Ago (Reuters) - Dominantes nas provas de curta distância, os corredores caribenhos em Londres querem ampliar seu reinado nesta segunda-feira, depois que o jamaicano Usain Bolt cravou o segundo melhor tempo da história nos 100m rasos, provando ainda ser o homem mais rápido da Terra.

Bolt chegou em 9s63, um recorde olímpico e ainda acima de seu melhor tempo, 9s58. Ele beijou o chão, se reclinou e apontou para o céu, no seu já clássico gesto de vitória.

"Alguns de vocês duvidaram de mim", disse o velocista de 25 anos aos repórteres. "Eu só precisava mostrar ao mundo que sou o maior de todos."

O ouro colocou Bolt rumo a uma dobradinha inédita nos 100m e nos 200m em Olimpíadas consecutivas e a Jamaica rumo a uma chuva de medalhas depois que Shelly-Ann Fraser-Pryce manteve o título feminino nos 100m.

Fraser-Pryce correrá os 200m nesta segunda-feira ao lado de Veronica Campbell-Brown, sua companheira de equipe e defensora do título, e das desafiantes norte-americanas Allyson Felix e Carmelita Jeter, medalhista de prata nos 100m.

Já Kirani James, campeã mundial de 19 anos da ilha caribenha de Granada, parece em ótima forma para a final dos 400m. Quase todos os finalistas são da região, com exceção dos gêmeos idênticos belgas Jonathan e Kevin Borlee. O norte-americano LaShawn Merritt, atual campeão, está contundido.

Javier Culson busca se tornar o primeiro porto-riquenho a conquistar uma medalha olímpica na final masculina dos 400m com barreiras, tendo chegado aos Jogos com o tempo mais rápido do mundo.

Mas a competição é acirrada -Félix Sánchez, campeão de 2004 e herói nacional na vizinha República Dominicana, surpreendeu e bateu a marca de Culson na eliminatória.   Continuação...

 
Velocista jamaicano Usain Bolt (D) dispara na liderança na prova final dos 100 metros rasos durante Jogos Olímpicos de Londres. Dominantes nas provas de curta distância, os corredores caribenhos em Londres querem ampliar seu reinado, depois que o jamaicano Usain Bolt cravou o segundo melhor tempo da história nos 100m rasos. 05/08/2012 REUTERS/Michael Dalder