Austrália irá investigar razões de desempenho fraco da natação em Londres

segunda-feira, 6 de agosto de 2012 09:58 BRT
 

Por Julian Linden

LONDRES, 6 Ago (Reuters) - As autoridades da natação australiana encomendaram uma investigação independente do desempenho abaixo do esperado da equipe na Olimpíada de Londres.

Uma das potências do esporte, os australianos conquistaram um total de 10 medalhas nas piscinas, mas somente um ouro, no revezamento feminino 4x100 nado livre.

Para um país cercado de água e que leva a natação a sério, foi um grande fracasso, especialmente depois que os nadadores do país voltaram com seis ouros de Pequim e sete de Atenas.

"Está claro que o mundo elevou o nível da natação, e devemos fazer o mesmo", disse David Urquhart, presidente da entidade do esporte na Austrália em comunicado nesta segunda-feira.

Os nadadores australianos sempre tiveram bom desempenho na Olimpíada, mas sofreram duras críticas em casa por só terem conseguido uma medalha de ouro, sua pior marca desde os Jogos de Barcelona 20 anos atrás.

A última vez em que a Austrália ficou sem um ouro na natação individual foi em Montreal em 1976.

O velocista James Magnussen, campeão mundial nos 100m nado livre, recebeu a carga mais pesada das críticas por ter alardeado antes dos Jogos que levaria dois ouros.

Mas Magnussen teve que se contentar com a prata ao ser derrotado pelo norte-americano Nathan Adrian por mero 0s01 na final dos 100m.   Continuação...