Arsenal reforça meio campo com espanhol Cazorla

terça-feira, 7 de agosto de 2012 10:17 BRT
 

LONDRES, 7 Ago (Reuters) - O Arsenal reforçou seu meio campo com a compra do espanhol Santi Cazorla, do Málaga, o mais recente jogador da nação campeã do mundo e europeia a migrar para a liga inglesa.

"O Arsenal se alegra em anunciar que Santi Cazorla se juntou ao clube com um contrato de longo prazo", informou o time da primeira divisão inglesa em seu site (www.arsenal.com) nesta terça-feira.

O Málaga, que está dispensando jogadores em meio a relatos de que seu proprietário do Catar quer vender sua participação no clube, também confirmou a negociação, que as mídias espanhola e britânica estimaram estar em torno dos 23,42 milhões de dólares.

Cazorla é a terceira grande contratação do Arsenal na pré-temporada e se une a Lukas Podolski e Olivier Giroud, que saíram do Colônia e do Montpellier respectivamente.

O meia-atacante de 27 anos atuou 45 vezes na seleção espanhola, incluindo breves aparições na Euro 2012, e pode jogar ao lado do compatriota Mikel Arteta no meio campo do Arsenal.

Cazorla passou a maior parte da carreira no Villarreal e foi para o Málaga na última temporada, quando ajudou o clube andaluz a se classificar para a Liga dos Campeões pela primeira vez.

Ele disse que sua decisão foi influenciada por Cesc Fábregas, ex-capitão do Arsenal, assim como pelo francês Robert Pires, ex-meio-campista do Arsenal com quem Cazorla jogou no Villarreal.

Cazorla ainda afirmou que também discutiu a transferência com jogadores espanhóis atualmente no Campeonato Inglês, como a dupla Fernando Torres e Juan Mata, do Chelsea, David Silva, do Manchester City, e o goleiro Pepe Reina, do Liverpool.

"Eles me disseram que é ótimo jogar na liga inglesa", disse Cazorla no site do Arsenal.   Continuação...

 
Santi Cazorla, do Málaga, comemora após seu colega de time marcar gol contra o Sporting de Gijon durante campeonato espanhol no estádio de La Rosaleda, em Málaga, sul da Espanha. O Arsenal reforçou seu meio campo com a compra do espanhol Santi Cazorla. 13/05/2012 REUTERS/Jon Nazca