8 de Agosto de 2012 / às 14:37 / 5 anos atrás

Brasil encerra vantagem argentina no vôlei e pega Itália na semi

Bruno comemora ponto com Sérgio durante partida das quartas de final contra a Argentina nos Jogos Olímpicos de Londres. O Brasil acabou com a vantagem da Argentina no histórico de confrontos no vôlei masculino em Jogos Olímpicos e se classificou para as semifinais da Olimpíada de Londres, nesta quarta-feira, com uma vitória confortável por 3 sets 0 (25-19, 25-17 e 25-20). 08/08/2012Ivan Alvarado

Por Pedro Fonseca

LONDRES, 8 Ago (Reuters) - O Brasil acabou com a vantagem da Argentina no histórico de confrontos no vôlei masculino em Jogos Olímpicos e se classificou para as semifinais de Londres, nesta quarta-feira, com uma vitória confortável por 3 sets 0 (25-19, 25-17 e 25-20).

A seleção brasileira vai enfrentar na semifinal a Itália, que derrotou os Estados Unidos, atuais campeões olímpicos, também por 3 sets a 0 em outra partida das quartas de final.

Os italianos são antigos rivais do vôlei brasileiro, mas o retrospecto recente do Brasil contra eles é melhor do que contra os norte-americanos, para quem o Brasil perdeu na final de Pequim-2008 e também na primeira fase em Londres.

A vitória tranquila sobre os argentinos foi pontuada por uma lesão do oposto Leandro Vissoto, que saiu de quadra mancando depois de sofrer uma contusão no músculo adutor da perna direita durante um ataque ainda no primeiro set.

Contra um rival a quem venceu nos 28 confrontos disputados em torneios realizados pela Federação Internacional de Vôlei, excluindo as Olimpíadas, o Brasil tinha um retrospecto de duas vitórias e três derrotas diante da Argentina em Jogos Olímpicos. O placar agora está empatado.

"Nós conhecíamos o perigo", disse o técnico Bernardinho após o jogo. "Nós estávamos muito preocupados mas não pensando em tabus ou em partidas anteriores, preocupados com a partida em si. Nós sabíamos da qualidade deles. A nossa preocupação era com a partida em si pelas quartas de final contra uma equipe sempre perigosa."

O Brasil, líder do ranking mundial e que busca em Londres a terceira final olímpica consecutiva, tinha a incômoda desvantagem contra os arquirrivais apesar de ter um currículo muito mais vitorioso, com destaque para os dois ouros olímpicos em Barcelona-1992 e Atenas-2004.

Os brasileiros perderam a disputa do bronze em Seul-1988-- única medalha do vôlei masculino argentino em Olimpíadas-- e foram batidos justamente na fase de quartas de final em Sydney-2000, quando eram favoritos por terem avançado em 1o do grupo para enfrentar a Argentina 4a colocada da outra chave. Também sofreram uma derrota logo na primeira partida de Atlanta-1996, uma surpresa para o time que era o campeão olímpico.

"A Argentina tinha aprontado com a gente em Sydney, mas agora é outro momento nosso e do lado deles também. Eles têm uma geração de jogadores jovens muito bons, um técnico bom, mas o importante foi a nossa dedicação dentro do jogo", disse o líbero brasileiro, Serginho.

As vitórias brasileiras antes de Londres foram em Los Angeles-1984, no caminho para a conquista da medalha de prata, e na decisão de 5o lugar dos Jogos de Atlanta.

Na partida desta quarta na arena Earls Court, os brasileiros comandaram o placar em todos os sets, com destaque para as atuações no ataque de Murilo (15 pontos) e Sidão (12). Wallace, que substituiu Vissoto após a lesão, entrou bem na partida e foi o terceiro maior pontuador do time, com 11 bolas no chão.

"Apesar do retrospecto negativo em Olimpíadas, a gente estava muito confiante hoje e mostramos isso em quadra com um padrão muito bom de jogo, praticamente anulamos as principais jogadas da equipe deles e merecemos a vitória", afirmou Murilo.

"Agora a gente chega com bastante moral para uma semifinal. Esse é o momento que a gente quer, disputando os playoffs de uma Olimpíada, e agora vamos pensar em buscar uma final. Temos uma semifinal pela frente e temos que dar esse passo para buscar mais um ouro", acrescentou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below