Inclusão de rúgbi na Rio-2016 ajuda crescimento global do esporte

quarta-feira, 8 de agosto de 2012 17:51 BRT
 

Por Keith Weir

LONDRES, 8 Ago (Reuters) - A decisão de incluir o rúgbi na próxima Olimpíada já está ajudando o esporte a crescer em alguns dos mais importante mercados emergentes, disse Bernard Lapasset, presidente do comitê internacional de rúgbi, nesta quarta-feira.

O rúgbi e o golfe se tornarão esportes olímpicos nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. No caso do rúgbi, é a versão de sete jogadores, e não a de 15, que estará representada, em eventos masculinos e femininos.

A expectativa de uma vaga nos Jogos está ajudando o rúgbi a conquistar novas fronteiras - agora o esporte é transmitido na TV aberta dos Estados Unidos, afirmou Lapasset.

"É a chave que destrancou a porta para a participação em mercados emergentes e novos para o rúgbi", disse.

"Agora o esporte está em escolas na Rússia, a sede da Copa do Mundo do Rúgbi de Sete, na China, Índia, no Brasil e no México."

A comitê internacional investirá 150 milhões de libras (cerca de 90 milhões de dólares) ao longo de quatro anos para apoiar o desenvolvimento nestes mercados.

O rúgbi é jogado sobretudo na Grã-Bretanha, Irlanda, França, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. A Argentina é o principal mercado na América Latina.

O comitê espera que o esporte se expanda entre os brasileiros também.