Poliana Okimoto abandona maratona aquática com hipotermia

quinta-feira, 9 de agosto de 2012 12:24 BRT
 

Por Pedro Fonseca

LONDRES, 9 Ago (Reuters) - A nadadora Poliana Okimoto, representante do Brasil na maratona aquática da Olimpíada de Londres, abandonou a prova realizada nesta quinta-feira no Hyde Park após sofrer uma crise de hipotermia durante a competição.

Okimoto, que desmaiou após ser retirada da água pela equipe de apoio que acompanhava a prova dentro de barcos, foi levada em uma cadeira de rodas ao centro médico da instalação olímpica para receber atendimento. Ela foi liberada em seguida e recebeu recomendação médica para 24 horas de repouso absoluto.

A temperatura da água na lagoa dentro do Hyde Park onde a prova de 10 quilômetros de natação foi disputada estava na casa dos 19 a 20 graus Celsius, segundo a organização, em um dia de sol forte e calor (cerca de 26 graus Celsius) na capital britânica.

Segundo o chefe da equipe de maratona aquática do Brasil na Olimpíada, Igor Souza, o choque térmico pelo sol batendo nas costas e o corpo em contato com a água gelada foi o principal responsável pelo mal estar sentido pela nadadora, que nunca havia abandonado uma prova na carreira.

"Apesar de ela já ter competido e vencido várias provas em água fria, eu considero que aqui foi mais o choque térmico", disse ele a repórteres.

Oriunda das piscinas, onde foi recordista sul-americana dos 1.500 metros, Okimoto tinha preocupação com a água gelada em Londres durante a sua preparação para os Jogos Olímpicos.

Em um treino acompanhado pela Reuters na praia de Copacabana, às 6h da manhã justamente para pegar a água mais fria, ela sofreu com a baixa temperatura e interrompeu a atividade logo no início. Do lado de fora da água, bebeu uma caneca de chocolate quente para se aquecer.

A brasileira, que ficou em 7o lugar na Olimpíada de Pequim-2008, esperava disputar uma medalha por estar entre as nadadoras que há mais tempo disputam a maratona aquática entre as classificadas para os Jogos Olímpicos.   Continuação...

 
Nadadora Poliana Okimoto durante sessão de treinamento no Centro Olímpico Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Poliana abandonou a prova de maratona aquática após sofrer uma crise de hipotermia durante a competição. 08/03/2012 REUTERS/Sergio Moraes