August 9, 2012 / 2:47 PM / 5 years ago

Chefe dos Jogos pede à Grã-Bretanha que preserve legado

3 Min, DE LEITURA

Por Karolos Grohmann

LONDRES, 9 Ago (Reuters) - Os Jogos de Londres criaram uma infraestrutura única para o esporte britânico florescer em todos os níveis, mas maximizar o impacto no futuro exigirá vontade política e comprometimento, disse Sebastian Coe, chefe da organização dos Jogos, nesta quinta-feira.

Coe, responsável pela bem-sucedida campanha londrina para ser sede olímpica em 2005 e que assumiu os preparativos do evento, disse que os fundamentos foram assentados, mas que só existe uma pequena janela de oportunidade para aproveitar esse legado.

"Em termos de infraestrutura estamos melhores que nunca, mas não podemos tirar o pé do acelerador", disse Coe aos repórteres.

"Acho que a emoção predominante que sentimos é orgulho, espero."

"Quero conversar com meus filhos e netos daqui a 30 anos e dizer que fizemos bem feito. Queremos que as pessoas sintam orgulho disto."

A nação anfitriã conquistou 22 medalhas de ouro e 48 no total até quarta-feira, o que faz desta sua mais bem sucedida Olimpíada em mais de um século.

A capital britânica também fica com uma série de locais de competição de ponta para criar uma nova geração de atletas olímpicos.

Indagado sobre que papel terá depois dos Jogos para impulsionar os esportes no nível de base em seu país, Coe disse: "Essa não é minha responsabilidade agora. É uma combinação de energia política e trabalho das entidades de esporte nacionais. É uma oportunidade limitada".

Ele disse que essa janela se abre dois ou três anos após a Olimpíada, período durante o qual o entusiasmo gerado pode ser canalizado com sucesso para impulsionar centenas de milhares de crianças para o esporte.

Ele afirmou ainda que o esporte nas escolas está "indo de vento em popa".

"Há mais a ser feito nas escolas infantis. Às vezes é um desafio inspirar crianças de 12 a 15 anos se não tiverem interesse no esporte."

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, que passou a maior parte das duas últimas semanas torcendo pelos talentos locais, encorajou os esportes competitivos nas escolas na quarta-feira e criticou aqueles que acreditam que "todo devem conquistar prêmios".

"Deve haver uma distinção entre educação física e esportes competitivos", disse Coe. "Queremos incentivar os jovens a ter um estilo de vida saudável."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below