Quênia busca investidores antes de candidatura às Olimpíadas

quinta-feira, 9 de agosto de 2012 15:17 BRT
 

LONDRES, 9 Ago (Reuters) - O Quênia, que quer ser o primeiro país africano a sediar os Jogos Olímpicos, apelou aos investidores nesta quinta-feira para financiar melhorias em instalações que têm ajudado a treinar alguns dos melhores corredores de longa distância do mundo.

Corredores de primeira classe de todo o mundo, incluindo o campeão olímpico dos 10.000 metros em 2012 Mo Farah, vão para o Vale do Rift no Quênia para fazer o treinamento de altitude que lhes permite competir com atletas próprios da África Oriental.

A cidade de Iten, no Vale do Rift, tornou-se "um lugar mágico" para atletas que buscam a fórmula da vitória, disse Isiah Kiplagat, presidente da federação de atletismo do Quênia.

Contudo, ele afirmou que a cidade tinha dificuldades de acomodar todos os atletas que queriam treinar lá, com alguns tendo que se abrigar em casas locais, devido à falta de quartos em hotéis.

"As instalações não são favoráveis, elas não são boas o suficiente", disse Kiplagat, pedindo por investimento estrangeiro, durante uma apresentação na sede da equipe do Quênia perto do Parque Olímpico em Londres. "É realmente uma oportunidade de ouro."

O Quênia busca desenvolver o turismo esportivo para atletas de elite e pessoas como jogadores de golfe amadores, para se somar à sua reputação de turismo de praia e safáris.

O primeiro-ministro queniano, Raila Odinga, disse em Londres na quarta-feira que Nairóbi planeja se candidatar para receber as Olimpíadas de 2024.