Chefe da entidade de boxe quer duplicar mulheres para Rio-2016

quinta-feira, 9 de agosto de 2012 15:44 BRT
 

LONDRES, 9 Ago (Reuters) - O chefe da Associação Internacional de Boxe (Aiba), Wu Ching-kuo, quer dobrar para pelo menos seis o número de categorias femininas do esporte para os Jogos do Rio de Janeiro, em 2016.

O taiwanês Wu revelou seus planos para o evento feminino, que estreia em Londres, ao público pouco antes da primeira das três finais do boxe feminino olímpico nesta quinta-feira.

"As boxeadoras são todas heroínas, têm um papel muito importante na história da Aiba", disse Wu.

"Para os Jogos do Rio de 2016, com a experiência e o desempenho da Olimpíada de Londres, certamente teremos mais mulheres boxeadoras."

'Esta competição tem três categorias de peso, na próxima Olimpíada esperamos pelo menos dobrar isso'.

(Por Patrick Johnston)