9 de Agosto de 2012 / às 19:48 / 5 anos atrás

Depois dos Jogos, há quem perca a medalha ou até durma com ela

Por Belinda Goldsmith

LONDRES, 9 Ago (Reuters) - Os dois cachorros do tenista britânico Andy Murray foram fotografados usando suas medalhas de ouro e prata conquistadas nos Jogos de Londres.

O judoca brasileiro Felipe Kitadai danificou sua medalha de bronze ao derrubá-la no chuveiro, conseguindo uma nova com as autoridades olímpicas.

O esgrimista venezuelano Rubén Limardo Gascon foi visto usando sua medalha de ouro no metrô londrino.

Os atletas vencedores saem do pódio com suas medalhas ao redor do pescoço, mas muitas vezes ficam sem saber o que fazer com elas antes de deixar a Vila dos Atletas e ir para casa, onde podem ser postas em segurança.

O nadador sul-africano Cameron van der Burgh, que venceu nos 100 metros do nado de costas, disse ser difícil deixar sua medalha de ouro longe da vista.

A remadora Helen Glover, primeira britânica a vencer um evento de remo na Olimpíada, com a parceira Heather Stanning, disse estar dormindo com a sua junto ao travesseiro.

Os atletas olímpicos têm fama de perder as medalhas ainda durante os Jogos e são aconselhados a não fazê-lo, já que não há seguro para elas, e as medalhas de ouro de Londres estão avaliadas em cerca de 706 dólares em valores atuais do metal.

“Uma vez entregues, as medalhas se tornam responsabilidade dos atletas”, afirmou um porta-voz do comitê organizador.

Ele disse não estar a par de outros danos ou perdas nos Jogos, embora isso tenha acontecido anteriormente.

O remador holandês Diederik Simon estava em um restaurante em Atenas em 2004 quando se deu conta de ter perdido sua medalha de prata. Ele não contou a ninguém, mas foi à polícia, que conseguiu localizar o taxista que tinha guardado a medalha em seu carro.

Já o remador italiano saltou na água para comemorar sua medalha de ouro nos Jogos de Seul de 1988, mas a medalha escorregou de sua mão quando o colega de equipe Agostino Abbagnale caiu em cima dele. Mergulhadores levaram dois dias para encontrá-la.

Uma vez em casa, os atletas podem colocar suas medalhas em estojos, protegê-las em cofres ou doá-las a museus ou organizações esportivas para exibição pública. Mas alguns as perdem.

O atleta de snowboard Shaun White disse ter perdido sua medalha de ouro dos Jogos de Inverno de Turim três ou quatro vezes. Em uma delas, descobriu que sua mãe a havia pegado para lavar a faixa.

O boxeador Muhammad Ali perdeu a medalha de ouro que conquistou nos Jogos de Roma de 1960 e passou anos dizendo que a atirou em um rio por terem se recusado a servi-lo em um restaurante por ele ser negro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below