Bolt faz história ao vencer 100 e 200m na segunda Olimpíada

quinta-feira, 9 de agosto de 2012 20:32 BRT
 

Por Justin Palmer

LONDRES, 9 Ago (Reuters) - O jamaicano Usain Bolt gravou seu nome de vez na história olímpica ao completar uma dobradinha inédita com a vitória na prova dos 200 metros, na qual dividiu o quarto melhor tempo da história da competição nesta quinta-feira.

O homem mais rápido do mundo, cujos resultados gloriosos em Londres acabaram com qualquer dúvida de que ele merece o título extra-oficial de maior velocista de todos os tempos, cravou 19s32 ao vencer seu evento favorito.

Bolt igualou em Londres seus êxitos impressionantes nos 100 e 200m em Pequim quatro anos atrás depois de arrebatar o ouro nos 100m no domingo.

O compatriota Yohan Blake levou a prata, como já havia feito nos 100m atrás de seu amigo e companheiro de treino, com 19s44, e Warren Weir completou o pódio jamaicano com o bronze em 19s84.

O carismático Bolt cruzou a linha com o dedo nos lábios e fez um punhado de flexões na pista. Depois, pegando a câmera de um fotógrafo, tirou fotos da plateia e de Blake.

O velocista de 25 anos é o primeiro homem a conquistar dois ouros olímpicos nos 200m e, como em 2008, tentará a trinca no revezamento 4x100 metros.

O tempo de Bolt igualou o do norte-americano Michael Johnson, que estabeleceu o recorde mundial de 19s32 e levou o ouro em Atlanta em 1996.

Bolt diminuiu essa marca para 19s30 em Pequim e depois cravou incríveis 19s19 no campeonato mundial de 2009 em Berlim.

Correndo por fora na raia sete, Bolt fez a curva tranquilamente e disparou na reta de chegada, sempre à frente de Blake.

 
O jamaicano Usain Bolt comemora vitória nos 200m em Londres. REUTERS/Eddie Keogh