Sem medalhas, Áustria promete não ser mais 'turista olímpica'

sexta-feira, 10 de agosto de 2012 09:46 BRT
 

VIENA, 10 Ago (Reuters) - A Áustria não apoiará mais "turistas olímpicos", disse o ministro do Esporte do país, prometendo uma grande reviravolta no apoio estatal a competidores depois que sua delegação voltou de Londres sem nenhuma medalha pela primeira vez em meio século.

Uma legislação a ser concebida neste ano canalizaria a ajuda para esportes olímpicos populares, ao invés de manter a abordagem "conta gotas", que distribui dinheiro por todas as modalidades, disse Norbert Darabos ao jornal Kurier.

"A nova lei de incentivo ao esporte deveria fazer com que a Áustria não produza mais 'turistas olímpicos'", acrescentou Darabos, dizendo estar farto de atletas que se saíram mal exaltando o clima nos Jogos de Londres.

A Áustria enviou 70 atletas para competir em 21 esportes, mas pela primeira vez desde a Olimpíada de Tóquio de 1964, não obteve sequer uma medalha.

"Temos que mudar as estrututas a tempo para poder conquistar medalhas no Rio em 2016, senão estaremos no mesmo nível de Luxemburgo de novo. Eles tampouco vão conseguir algo em Londres", teria dito Darabos em entrevista publicada nesta sexta-feira.

A montanhosa Áustria se dá muito melhor em esportes de inverno, e conseguiu 16 medalhas, sendo quatro de ouro, nos Jogos de Inverno de 2010 em Vancouver, no Canadá.

(Por Michael Shields)