Envolvido em escândalo, técnico da Juventus é afastado

sexta-feira, 10 de agosto de 2012 10:06 BRT
 

ROMA, 10 Ago (Reuters) - Antonio Conte, técnico da Juventus, foi afastado por 10 meses por seu envolvimento no escândalo Calcioscommesse de manipulação de resultados, informou a Federação Italiana de Futebol (Figc na sigla em italiano) nesta sexta-feira.

Leonardo Bonucci, zagueiro da Juventus e da seleção italiana que enfrentava um possível afastamento de três anos e meio, e seu colega de equipe Simone Pepe, entretanto, foram absolvidos pelo tribunal da Figc.

Conte, que conduziu a Juventus invicta ao título do Campeonato Italiana na temporada passada, foi acusado de não relatar incidentes de manipulação de resultados em dois jogos da campanha 2010-11, quando treinava o Siena, então na segunda divisão.

Angelo Alessio, seu assistente no Siena e na Juventus, foi banido por oito meses.

As partidas que foram investigadas foram as contra Novara e Albinoleffe em maio de 2011.

A comissão disciplinar da Figc rejeitou a proposta de Conte, de três meses de afastamento e uma multa de 246.200 dólares, e ele preferiu ir a julgamento por não estar de acordo com os termos revisados do pedido.

A Juventus disse que Conte irá apelar.

As acusações contra Pepe e Bonucci dizem respeito a uma partida entre Bari e Udinese em 2010, que terminou em 3 x 3.

(Por Terry Daley)