10 de Agosto de 2012 / às 20:43 / em 5 anos

SAIBA MAIS-Frases memoráveis da Olimpíada de Londres

10 Ago (Reuters) - A seguir, algumas das frases mais engraçadas e memoráveis da Olimpíada de Londres:

“Nossas pernas são menos compridas e nossos traseiros mais volumosos, então temos que trabalhar mais duro para compensar isso”.

- Ana Tarres, técnica da equipe espanhola de nado sincronizado, descreve os desafios diante da Rússia, rival de longa data, que ficou com o ouro - as espanholas tiveram que se contentar com o bronze.

”Vi a placa com o número 31 e pensei que meu irmão tinha sofrido uma penalidade. Pensei “Que idiota, Alistair, você sofreu uma penalidade. Aí olhei em meu braço e vi que eu sou o número 31”.

- Jonathan Brownlee, britânico medalhista de bronze do triatlo, descrevendo sua reação pela penalidade de 15 segundos por montar na bicicleta antes da hora. Seu irmão Alistair levou o ouro.

“Estranho, algumas das regras. Estava entrando agora há pouco e estava com minha corda de pular na sacola e disseram que não posso trazê-la. Eu fiquei com um ‘Por quê?'”

- O velocista Usain Bolt, explicando que planejava “contrabandear” a corda com que pula para treinar no Estádio Olímpico depois que um fiscal a confiscou quando ele rumava para a final dos 100 metros.

“Há gatinhos e leões, mas na Olimpíada às vezes os leões viram gatinhos e vice-versa”.

- Juliana Felisberta, jogadora de vôlei de praia brasileira, sobre a imprevisibilidade dos Jogos. A dupla brasileira foi derrotada pela norte-americana na semifinal.

“Pego o grilo pelo pescoço e o enfio em uma caixa. Conheço os grilos deles muito bem”.

- Steve Peters, chefe da equipe de ciclismo britânica, falando sobre como faz seus atletas lidarem com seus “grilos” para obter melhores desempenhos.

“Espero que esta medalha inspire as crianças em casa a depor as armas e pegar um par de tênis. Se fizerem isso, serei o cara mais feliz do mundo”.

- Erick Barrondo, que conquistou a primeira medalha de prata olímpica da Guatemala na marcha dos 20 km.

”Minha mãe costuma dizer de manhã: ‘Carl, calçe os sapatos, Oscar, coloque suas próteses’... então, realmente, não cresci pensando que tinha um deficiência, mas que tinha calçados diferentes’.

- O corredor sul-africano Oscar Pistorius, apelidado de ‘Blade Runner’(literalmente ‘corredor de lâminas’, em referência ao formato de suas próteses), falando sobre sua infância praticando esportes com o irmão Carl.

“Muitas pessoas querem começar a remar porque eu vim à Olimpíada. Vamos começar assim que eu voltar, só temos que esperar os barcos chegarem”.

- O remador do Níger Hamadou Djibo Issaka, que só treinou três meses para a competição masculina, e nunca em seu país, eminentemente desértico.

“Inspire uma geração é nosso mote, não necessariamente ‘crie uma geração’, que é o que eles aprontam às vezes na Vila Olímpica”.

- Boris Johnson, prefeito de Londres, exaltando “a energia e o entusiasmo” dos 10 mil atletas da Olimpíada, a quem cerca de 150 mil camisinhas foram distribuídas.

“Em certo momento, estávamos bastante frustrados com o transporte para Londres, e entre nós cogitamos tentar entrar em um ônibus com um caixão”.

- John Cribb, diretor de enterros da capital, expressando frustração com as faixas exclusivas para veículos dos Jogos Olímpicos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below