Ciclista Hamilton perde ouro de Atenas por doping 8 anos depois

sexta-feira, 10 de agosto de 2012 17:49 BRT
 

Por Karolos Grohmann

LONDRES, 10 Ago (Reuters) - O ciclista norte-americano Tyler Hamilton perdeu oficialmente nesta sexta-feira sua medalha de ouro, conquistada na prova de ciclismo contra o relógio em Atenas-2004, devido a um caso de doping, informou o Comitê Olímpico Internacional (COI).

"Comunicamos Tyler Hamilton que ele foi desclassificado e que iremos redistribuir as medalhas", disse Mark Adams, porta-voz do COI, aos repórteres, depois de uma reunião do comitê disciplinar em Londres.

O COI estava ávido para concluir o caso antes do estatuto de limitação de oito anos, mas esperava informações da Agência Antidoping do EUA para o caso de outros ciclistas ou treinadores da prova estarem envolvidos.

O ciclista russo aposentado Viatcheslav Ekimov receberá a medalha de ouro de Hamilton, o norte-americano Bobby Julich será promovido à prata e o australiano e quarto colocado Michael Rogers ficará com o bronze.

Inicialmente Hamilton teve permissão de ficar com sua medalha em 2004 depois de testar positivo por doping no sangue, porque o laboratório destruiu acidentalmente sua segunda amostra congelando-a.

No ano seguinte, Hamilton testou positivo em uma transfusão de sangue e foi afastado por dois anos.

Em 2006, ele foi ligado ao escândalo de doping espanhol apelidado de "Operação Puerto" e três anos mais tarde foi flagrado novamente com esteróides. Ele recebeu uma suspensão de oito anos após dizer ter usado um tratamento para depressão de uso comercial.

Em uma entrevista do ano passado, Hamilton pôs fim a anos de negações admitindo ter usado drogas para melhorar seu desempenho.