Rússia luta para recuperar glórias passadas na Olimpíada

sábado, 11 de agosto de 2012 15:32 BRT
 

Por Mark Trevelyan

LONDRES, 11 Ago (Reuters) - Uma série de decepções na Olimpíada de Londres desencadeou uma reação defensiva das autoridades esportivas da Rússia, a demissão de pelo menos dois treinadores e um poema satírico lamentando as vicissitudes cruéis do esporte.

A maioria dos países ficaria encantada com uma contagem de medalhas que, na metade do penúltimo dia de competições, chega a 17 ouros, 21 pratas e 28 bronzes.

Mas a quarta colocação, atrás de Estados Unidos, China e Grã-Bretanha, é incomum para os russos, principais herdeiros da máquina esportiva soviética que durante décadas esteve no topo do quadro de medalhas.

O clima na concentração russa esteve pesado durante a maior parte dos Jogos, mas o presidente do comitê olímpico do país, Alexander Zhukov, ainda tem esperança de uma chuva de medalhas neste sábado.

"Como sempre, nossos atletas começam devagar na Olimpíada e passam a somar medalhas perto do fim", disse ele aos repórteres.

"As 25 medalhas (de ouro) de que falávamos antes dos Jogos foi uma previsão, não um plano. A Olimpíada ainda não acabou, é prematuro tirar conclusões definitivas".

A decadência russa no quadro de medalhas em sucessivas Olimpíadas tem sido gradual, mas perceptível - o país foi o segundo em Atlanta e Sydney, depois terceiro em Atenas e em Pequim, quatro anos atrás.

"Acho que ainda temos uma chance de conseguir o número desejado de medalhas. Se a Rússia terminar com, digamos, 24 ao invés de 25, ficaremos aborrecidos, mas não tanto", disse Zhukov.   Continuação...

 
Jogadoras de basquete da seleção russa deixam a quadra enquanto as jogadoras australianas comemoram a conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres. Uma série de decepções na Olimpíada de Londres desencadeou uma reação defensiva das autoridades esportivas da Rússia, a demissão de pelo menos dois treinadores e um poema satírico lamentando as vicissitudes cruéis do esporte. 11/08/2012 REUTERS/Sergio Perez