11 de Agosto de 2012 / às 18:27 / 5 anos atrás

Rússia luta para recuperar glórias passadas na Olimpíada

Jogadoras de basquete da seleção russa deixam a quadra enquanto as jogadoras australianas comemoram a conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres. Uma série de decepções na Olimpíada de Londres desencadeou uma reação defensiva das autoridades esportivas da Rússia, a demissão de pelo menos dois treinadores e um poema satírico lamentando as vicissitudes cruéis do esporte. 11/08/2012Sergio Perez

Por Mark Trevelyan

LONDRES, 11 Ago (Reuters) - Uma série de decepções na Olimpíada de Londres desencadeou uma reação defensiva das autoridades esportivas da Rússia, a demissão de pelo menos dois treinadores e um poema satírico lamentando as vicissitudes cruéis do esporte.

A maioria dos países ficaria encantada com uma contagem de medalhas que, na metade do penúltimo dia de competições, chega a 17 ouros, 21 pratas e 28 bronzes.

Mas a quarta colocação, atrás de Estados Unidos, China e Grã-Bretanha, é incomum para os russos, principais herdeiros da máquina esportiva soviética que durante décadas esteve no topo do quadro de medalhas.

O clima na concentração russa esteve pesado durante a maior parte dos Jogos, mas o presidente do comitê olímpico do país, Alexander Zhukov, ainda tem esperança de uma chuva de medalhas neste sábado.

"Como sempre, nossos atletas começam devagar na Olimpíada e passam a somar medalhas perto do fim", disse ele aos repórteres.

"As 25 medalhas (de ouro) de que falávamos antes dos Jogos foi uma previsão, não um plano. A Olimpíada ainda não acabou, é prematuro tirar conclusões definitivas".

A decadência russa no quadro de medalhas em sucessivas Olimpíadas tem sido gradual, mas perceptível - o país foi o segundo em Atlanta e Sydney, depois terceiro em Atenas e em Pequim, quatro anos atrás.

"Acho que ainda temos uma chance de conseguir o número desejado de medalhas. Se a Rússia terminar com, digamos, 24 ao invés de 25, ficaremos aborrecidos, mas não tanto", disse Zhukov.

Em um país que há muito tempo vê o sucesso olímpico como fonte vital de prestígio na arena global, qualquer redução de medalhas pode desencadear debates acalorados sobre fundos, treinamento e desenvolvimento do esporte nas categorias de base.

"Investigações são coisa certa", disse uma fonte próxima do mundo olímpico russo, sublinhando que os três míseros ouros nos últimos Jogos de Inverno levaram à criação de um programa intensivo de elite para garantir resultados melhores quando a Rússia sediar o evento de 2014 em Sochi.

Os treinadores de esgrima e tiro já se demitiram depois do desempenho medíocre de suas equipes em Londres. Evgeny Trefilov, técnico da seleção feminina de handebol vaiado pela plateia por criticar suas jogadoras até quando fazem gols, disse aos repórteres estar pronto para fazer o mesmo após sua derrota para a Coreia do Sul nas quartas de final.

O drama de Valery Borchin, campeão mundial que defendia o título olímpico e estava em segundo na marcha dos 20km quando desmaiou de exaustão antes do final, deu ensejo a um poema satírico do comentarista Andrei Orlov no jornal Kommersant.

'Valery Borchin buscava o ouro,

Ia em passo fenomenal

Dava o último de sua energia

Lutando por sua terra natal

Caiu lutando mas sem covardia

Graças a Deus sobreviveu no final!'

Entre as decepções russas estão as ginastas que, após falharem no solo, viram o ouro ir para os Estados Unidos, e a saltadora com vara Yelena Isinbayeva, que buscava o tricampeonato e acabou com o bronze.

Segundo a agência de notícia Itar-Tass, o presidente Vladimir Putin, faixa preta no judô e que fez dos próximos Jogos de Sochi a menina do seus olhos, disse no meio da semana que será preciso um trabalho minucioso para analisar o desempenho do país em Londres.

"Estes esportes, nos quais nossos organizadores e profissionais esperavam medalhas, sofreram derrotas, e onde não se esperava ouro, conseguimos", disse ele.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below