August 12, 2012 / 7:02 PM / 5 years ago

EUA conquistam ouro no basquete masculino

3 Min, DE LEITURA

LONDRES, 12 Ago (Reuters) - A seleção masculina de basquete dos Estados Unidos foi forçada a jogar o seu melhor na final dos Jogos Olímpicos de Londres neste domingo e superou o desafio ao derrotar a Espanha por 107 a 100, ficando com o ouro.

Com Kevin Durant inspirado, tendo marcado 30 pontos ao final, os EUA retiveram o ouro em uma repetição da disputada final dos Jogos de 2008, em Pequim.

A Espanha, que investiu no jogo de garrafão do astro Pau Gasol e nos chutes de longa distância de Juan-Carlos Navarro, foi uma rival à altura dos campeões olímpicos, que venceram seus outros sete jogos nas Olimpíadas com uma média de 35 pontos de vantagem sobre as seleções rivais.

Ambas as equipes buscaram o ataque o tempo todo, para delírio dos 20 mil torcedores que lotaram a North Greenwich Arena para ver a final. No intervalo, a diferença era de apenas um ponto: 59 a 58.

Os EUA ainda mantinham a vantagem de um ponto até o placar de 83 a 82, no início do último quarto. Contudo, o armador Chris Paul e o astro LeBron James comandaram o jogo no início do último período, dando aos EUA uma margem mais folgada.

Os norte-americanos conseguiram abrir nove pontos de diferença, 95 a 86, com Durant e Kobe Bryant se alternando na marcação dos pontos.

Depois de Navarro acertar um arremesso e uma cesta de Rudy Fernández, LeBron atraiu todos os holofotes com uma enterrada e um arremesso de três pontos que restauraram a tranquilidade dos EUA.

James, que neste ano ganhou também o título da NBA com o Miami Heat, além de ter sido escolhido o melhor jogador da temporada e das finais da liga norte-americana, marcou 19 pontos na partida, ficando atrás apenas de Durant pelos EUA.

"Somente queríamos continuar trabalhando nossos hábitos, trocando passes, fazendo jogadas", afirmou LeBron, que deu quatro assistências no jogo.

"Mas isso começa com a defesa. Se não marcássemos bem, não teríamos construído a vantagem. Tínhamos apenas um ponto de vantagem antes do último quarto e conseguimos abrir."

O pivô espanhol Pau Gasol, que marcou os primeiros 13 pontos para sua seleção no começo do terceiro quarto, colocando os europeus em vantagem de 71 a 70, foi o cestinha dos vice-campeões olímpicos, com 24 pontos.

Navarro, que marcou 14 pontos no primeiro quarto e abriu caminho para Gasol trabalhar no garrafão, fez 21 no total.

"Sabemos que a Espanha tem um grande time e eles foram um rival à altura para nós, mas nós também fomos para eles", disse LeBron.

"Eles queriam redenção. Estamos felizes por termos acertado jogadas suficiente e vencido."

Reportagem de Steve Keating

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below