Revestimento do estádio olímpico de Londres irá para o Rio e Uganda

segunda-feira, 13 de agosto de 2012 20:52 BRT
 

Por Chris Wickham

LONDRES, 13 Ago (Reuters) - As centenas de painéis de tecido que recobrem o Estádio Olímpico de Londres serão recicladas, com uma parte sendo enviada para um projeto que auxilia ex-crianças soldados em Uganda, e outra para uma ONG do Rio de Janeiro, cidade-sede da próxima Olimpíada.

O estádio foi projetado para ser parcialmente desmontado e ter sua capacidade reduzida dos atuais 80 mil lugares para até 25 mil, dependendo do uso.

A empresa Dow Chemical, patrocinadora do evento e fornecedora do tecido, informou à Reuters que a maior parte das 306 peças será reaproveitada para projetos de apoio à infância na Grã-Bretanha, ou então recicladas e transformadas em novos materiais de construção pela empresa Axion, de Manchester.

Mas cerca de 20 painéis serão doados à ONG britânica Article 25, que irá construir áreas comunitárias sombreadas --uma em um projeto educacional carioca, e outra numa instituição de Patongo, Uganda, que dá treinamento vocacional a crianças com antecedentes militares.

"É particularmente inspirador poder entregar um fragmento dos Jogos de Londres-2012 a algumas das pessoas mais marginalizadas do mundo", disse Robin Cross, diretor de projetos da instituição.

Se os dois projetos-pilotos funcionarem bem, a Article 25 pretende levar outras propostas à Dow, como abrigos em Burkina Faso e uma escola de artes no Quênia, segundo Cross.

A Dow disse que também cogita reutilizar os cabos de aço que sustentam os painéis de tecido para a construção de pequenas pontes pênseis na África.