Árbitra de tênis dos EUA é acusada de matar o marido com caneca

terça-feira, 21 de agosto de 2012 17:36 BRT
 

LOS ANGELES, 21 Ago (Reuters) - Uma conhecida árbitra de tênis, escalada para trabalhar na próxima edição do Aberto dos EUA, foi presa na terça-feira sob a acusação de ter matado seu marido com uma caneca de café.

Lois Ann Goodman, de 70 anos, foi detida em cumprimento de mandado expedido há uma semana pela promotoria do condado de Los Angeles, relativa à morte, em 17 de abril, de Alan Goodman, de 80 anos.

A promotoria disse que Goodman deve permanecer detida em Nova York enquanto aguarda transferência para Los Angeles, onde pode ser condenada a prisão perpétua. Promotores disseram que vão solicitar que sua fiança seja estabelecida em 1 milhão de dólares.

O crime teria acontecido na casa do casal, no bairro de Woodland Hills, em Los Angeles. A acusada é amplamente conhecida no mundo do tênis, e seria árbitra no Aberto dos EUA, que começa na segunda-feira em Nova York.

(Reportagem de Steve Gorman)