Torcedores de Moscou ofendem racialmente jogadores do Anzhi

sexta-feira, 24 de agosto de 2012 14:08 BRT
 

Por Gennady Fyodorov

MOSCOU, 24 Ago (Reuters) - O time russo Anzhi Makhachkala agradeceu a polícia de Moscou por ter mantido a ordem e protegido os seus torcedores no estádio do Lokomotiv durante um jogo da Liga Europa marcado por problemas com a multidão.

"Gostaríamos de agradecer especialmente o Lokomotiv Football Club por oferecer sua casa para o nosso jogo", disse o Anzhi em seu site (www.fc-anji.ru), nesta sexta-feira.

"Também queremos agradecer a polícia de Moscou por fornecer um alto nível de segurança durante a partida."

O jogo de quinta-feira, em que o Anzhi derrotou o clube holandês AZ Alkmaar por 1 x 0, foi assistido por centenas de torcedores de Moscou, que ofenderam racialmente os jogadores do Anzhi e atiraram objetos em campo.

Alguns torcedores foram fotografados fazendo uma saudação nazista e gritando frases como "A Rússia é (só) para os russos" e "Caucasianos, vão para casa".

Os torcedores disseram que estavam protestando contra o clube da volátil região do Cáucaso do Norte por jogar as suas partidas em Moscou.

A Uefa proibiu o Anzhi de jogar em casa, na região flagelada pela violência do Daguestão, nesta temporada, por razões de segurança.

O técnico do Anzhi, Guus Hiddink, criticou o comportamento dos torcedores.   Continuação...