Ulrich diz que tem orgulho de seus vices no Tour de France

sexta-feira, 24 de agosto de 2012 14:39 BRT
 

24 Ago (Reuters) - O ex-ciclista alemão Jan Ullrich, que terminou em segundo lugar atrás de Lance Armstrong três vezes no Tour de France, disse que sente orgulho de suas segundas posições e que está indiferente quanto a se receberia os títulos agora que o norte-americano foi punido por suspeita de doping.

A Agência Antidoping dos EUA (Usada) retirou de Armstrong os seus títulos e o excluiu do ciclismo após o atleta sete vezes campeão da Tour ter afirmado, na quinta-feira, que não iria mais lutar contra as acusações de doping apresentadas pela agência.

"Eu terminei minha carreira e eu sempre disse que tinha orgulho dos meus segundos lugares", disse Ullrich, vice-campeão do Tour em 2000, 2001 e 2003 atrás de Armstrong, à Deutsche Presse Agentur nesta sexta-feira. "Isso realmente não me incomoda muito."

Ullrich, campeão do Tour em 1997, foi ele próprio considerado culpado de doping pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), em fevereiro, em relação ao escândalo de doping Operação Puerto, que manchou o ciclismo há seis anos

Ele foi suspenso por dois anos e a CAS anulou seus resultados a partir de 2005 até sua aposentadoria, dois anos depois.

Os outros ciclistas a terminar em segundo lugar atrás de Armstrong foram Alex Zuelle, da Suíça (1999); Joseba Beloki, da Espanha (2002); o alemão Andreas Kloeden (2004) e o italiano Ivan Basso (2005).

(Por Brian Homewood)