Real Madrid contrata meia Modric e futuro de Kaká segue incerto

segunda-feira, 27 de agosto de 2012 12:03 BRT
 

Por Iain Rogers

MADRI, 27 Ago (Reuters) - O Real Madrid fechou um contrato de cinco anos com o meia croata Luka Modric, do Tottenham Hotspur, na expectativa de contar com a criatividade do jogador para recolocar o time atual campeão espanhol nos eixos nesse início de temporada.

"O Real Madrid e o Tottenham Hotspur chegaram a um acordo para a transferência do jogador Luka Modric, que permanecerá ligado ao clube pelas próximas cinco temporadas", informou o Real em seu site (www.realmadrid.com) nesta segunda-feira.

O Tottenham também confirmou o acerto em seu site (www.tottenhamhotspur.com) e disse que a transferência está sujeita a um parecer médico e inclui um acordo de parceria para que os dois clubes trabalhem em conjunto, "em respeito aos jogadores, treinadores, melhores práticas e relacionamentos comerciais".

Embora nenhuma das partes tenha dado detalhes financeiros, a mídia espanhola informou que o Real pagaria 35 milhões de euros, e possivelmente mais 7 milhões de euros relacionados ao desempenho . Modric, de 26 anos, foi contratado pelo time inglês em 2008 do Dinamo Zagreb.

A chegada do jogador ao Real pode ajudar o time a deixar para trás um mau começo de temporada e pode significar o fim da trajetória de Kaká. O brasileiro ficou aquém das expectativas desde sua compra do Milan por cerca de 65 milhões de euros três anos atrás.

O Milan quer ter Kaká, de 30 anos, de volta por empréstimo, embora o Real esteja querendo vendê-lo, disse o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliano, no domingo.

(Reportagem adicional de Mike Collett em Londres)

 
Novo jogador do Real Madrid Luka Modric faz embaixadinhas durante apresentação no estádio Santiago Bernabeu em Madri. O Real Madrid fechou um contrato de cinco anos com o meia croata Luka Modric, do Tottenham Hotspur, na expectativa de contar com a criatividade do jogador para recolocar o time atual campeão espanhol nos eixos nesse início de temporada. 27/08/2012 REUTERS/Juan Medina