Abramovich vence Berezovsky em batalha judicial na Grã-Bretanha

sexta-feira, 31 de agosto de 2012 19:24 BRT
 

Por Guy Faulconbridge e Alessandra Prentice

LONDRES, 31 Ago (Reuters) - O empresário Roman Abramovich, dono do time de futebol Chelsea, venceu na sexta-feira um processo judicial de 6 bilhões de dólares contra seu ex-mentor Boris Berezovsky, num caso que expôs as intrigas relacionadas à partilha dos vastos recursos naturais russos depois do fim da União Soviética.

Berezovsky, que era uma iminência parda durante a Presidência de Boris Yeltsin, mas que caiu em desgraça com a ascensão de Vladimir Putin ao poder, acusava Abramovich de usar a ameaça de vingança do Kremlin como forma de intimidá-lo a vender seu patrimônio a preços irrisórios.

Mas a juíza Elizabeth Gloster disse num lotado tribunal londrino que Berezovsky se portou como uma "testemunha não-impressionante e inerentemente não-confiável", pois apresentou algumas provas desonestas e seria capaz de dizer "quase qualquer coisa para amparar sua tese".

Gloster portanto arquivou integralmente o pedido de indenização equivalente a 6 bilhões de dólares, naquele que era um dos maiores litígios entre particulares já vistos na Justiça britânica. Ela disse que Abramovich, 68o homem mais rico do mundo, com uma fortuna de 12,1 bilhões de dólares, foi uma "testemunha leal e em geral confiável".

(Reportagem adicional de Steve Gutterman em Moscou, Gleb Bryanski em Novo-Ogaryovo)