Maradona é nomeado embaixador do esporte em Dubai

domingo, 2 de setembro de 2012 15:39 BRT
 

DUBAI, 2 de Set (Reuters) - Diego Maradona foi empossado como Embaixador Honorário do Esporte de Dubai neste domingo, menos de dois meses após ser demitido do clube Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos.

O argentino expressou o desejo de ser treinador na China durante uma viagem a Pequim em agosto, mas aceitou a investidura diplomática no Conselho de Esportes de Dubai (DSC na sigla em inglês) depois de recusar ofertas "insatisfatórias" para treinar clubes.

Seu novo papel também ajudará a resolver a disputa com o Al Wasl, que o dispensou em julho após pouco mais de um ano de um contrato de dois anos e uma temporada sem títulos, na qual o clube terminou em oitavo em uma liga de 12 equipes.

"O Conselho de Esportes de Dubai e eu debatemos algumas ideias e eles são sérios a respeito de aprimorar o setor esportivo de Dubai", afirmou o campeão do mundo de 51 anos em uma coletiva de imprensa no país.

"Para aqueles que pensam que caí, que desmoronei, estou mais forte agora".

Maradona descreveu as pressões que um técnico enfrenta, mesmo em uma liga de futebol relativamente irrelevante como a dos Emirados Árabes Unidos. "Eu costumava não dormir nada, e é muito intenso e exaustivo. Por mim, eu viveria mais anos", disse. "Gostaria de me aposentar ou relaxar durante algum tempo". (Reportagem Matt Smith)

 
Torcedores do time Al Khor, do Catar, tiram foto com Diego Maradona, técnico do time Al-Wasl após partida da Copa do Golfo, em Doha. Maradona foi empossado como Embaixador Honorário do Esporte de Dubai, menos de dois meses após ser demitido do clube Al Wasl. 30/05/2012 REUTERS/Mohammed Dabbous