Montezemolo sugere que corridas de F1 sejam mais curtas

sábado, 8 de setembro de 2012 18:18 BRT
 

MONZA, 8 Set (Reuters) - A Fórmula 1 deve pensar em corridas mais curtas e em horários mais para a noite para atrair um público mais jovem, disse o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, no Grande Prêmio da Itália, neste sábado.

Em uma costumeira aparição em Monza, perto do circuito milanês onde fica a sede da Ferrari, o italiano repetiu que a categoria deve conter custos e melhorar "o espetáculo".

Ele disse ainda que a Ferrari quer fazer mais testes, dar mais experiência a pilotos jovens e repetiu que as equipes deveriam ter um terceiro carro nas corridas.

"Para os jovens as corridas são longas demais", afirmou.

"Talvez eu esteja errado, mas acho que temos de ver com cuidado o que podemos fazer para melhorar o espetáculo da Fórmula 1. (...) Uma hora e meia para os mais jovens é muito tempo", opiniou, sugerindo um teste com duas largadas.

"Talvez seja um erro, mas temos de pensar em algo, não podemos ficar sempre no mesmo. Temos de inovar sem perder o DNA da F1."

A maioria dos GPs europeus começa às 14h locais, mas em alguns países começa muito mais tarde.

A corrida de Cingapura acontece à noite, sob a luz de refletores, enquanto a de Abu Dhabi começa no claro e termina já no escuro. Austrália e Malásia começam mais tarde também para atrair público.

Montezemolo sugere que provas europeias façam o mesmo.

"Não acho que é bom correr em julho e em agosto às 14h, quando as pessoas estão na praia e de férias", reclamou. "No futebol, eles jogam às 18h, 19h, 20h", comparou.

(Por Alan Baldwin)