9 de Setembro de 2012 / às 21:18 / 5 anos atrás

Fim de Paralimpíadas coroa temporada dos esportes britânicos

Por Tom Pilcher LONDRES (Reuters) - A cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos mais bem sucedidos da história coroou uma temporada espetacular para o esporte da Grã-Bretanha neste domingo, quando o Estádio Olímpico sediou uma festa memorável para atletas e torcedores.

Os esportistas paralímpicos se levantam e participaram das 'olas' em torno da vasta arena ao final do evento de 11 dias, no qual a China encabeçou o quadro de medalhas.

A potência asiática legou 95 ouros em sua contagem de 231 medalhas, com Rússia (36 ouros, 102 no total) e a anfitriã Grã-Bretanha (34 ouros, 120 no total) em segundo e terceiro lugares respectivamente.

"Tivemos o mais extraordinário verão (local) de esportes", disse Sebastian Coe, chefe da organização da Olimpíada de Londres, em uma coletiva de imprensa, enquanto Philip Craven, presidente do Comitê Paralímpico (IPC na sigla em inglês), mal podia acreditar na extensão da cobertura.

"Estou nas nuvens. Quando você consegue alinhar tudo, consegue um resultado estrondoso, e foi o que tivemos aqui".

A Paralimpíada de Londres vendeu 2,7 milhões de ingressos, quase 900 mil a mais do que em Pequim quatro anos trás, e as vendas inéditas renderam cerca de 45 milhões de libras (aproximados 145 milhões de reais), ultrapassando a meta original dos organizadores, de 35 milhões de libras (aproximados 113 milhões de reais).

A cobertura e o interesse intensos foram sentidos em toda parte, e a vitória chocante do brasileiro Alan Oliveira sobre o favorito Oscar Pistorius na final dos 200m suplantou a cobertura do futebol no Brasil, disse Xavi González, executivo-chefe do IPC.

Após sua vitória nos 400m no sábado, Pistorius disse que a Olimpíada e a Paralimpíada de Londres foram "os maiores momentos" de sua vida.

O australiano Evan O'Hanlon, que venceu nos 100 e 200 metros na classe T38, de paralisia cerebral, que disse que ter uma deficiência provavelmente foi "a melhor coisa" que lhe aconteceu, estava igualmente encantado.

"Você tem um lucro imenso aqui. Torço para que Londres e a Grã-Bretanha tenham servido de exemplo e que o resto do mundo os siga. Obrigado a todos por assistirem, só o fato de ligarem a TV já aumenta nossa exposição".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below