Ex-número 1 do mundo, Ferrero anuncia aposentadoria do tênis

quarta-feira, 12 de setembro de 2012 13:52 BRT
 

MADRI, 12 Set (Reuters) - O tenista espanhol Juan Carlos Ferrero, ex-número 1 do mundo e campeão do Aberto da França em 2003 mas cuja carreira tem sido prejudicada por lesões, vai se aposentar depois de jogar o evento que acontece em sua cidade, Valência, no próximo mês.

"O Aberto de Valência 500 será o meu último torneio, no melhor cenário possível", afirmou Ferrero, em entrevista coletiva apresentando o evento ATP, nesta quarta-feira.

"As lesões desta temporada me impediram de jogar com regularidade e foi um ano difícil em que eu percebi na quadra que não tinha a mesma ambição depois de 14 anos no mais alto nível", acrescentou o tenista, de 32 anos.

"Eu estou começando uma nova fase em minha vida com enorme emoção, vou continuar envolvido com o tênis por meio do Aberto de Valência, da academia, da fundação que leva o meu nome e de outros projetos."

Ferrero, que caiu para 111o no ranking, tornou-se profissional em 1998 e ganhou 15 títulos, incluindo os eventos Masters de Monte Carlo e Roma.

Além do seu título de Grand Slam em Roland Garros, ele chegou à final lá em 2002 e à final do Aberto dos EUA em 2003, depois do qual ele subiu para número 1 do mundo e se manteve na posição por oito semanas.

Seu último título foi em Stuttgart, em 2011, no saibro, seu piso favorito.

Ferrero jogou 17 Copas Davis pela Espanha, com um retrospecto de 18-6, e ajudou a nação ibérica a conquistar seu primeiro triunfo na competição em 2000 e vitórias seguidas em 2004 e 2009.

(Reportagem de Iain Rogers)