Mourinho critica jogadores do Real após derrota para o Sevilla

domingo, 16 de setembro de 2012 14:59 BRT
 

MADRI, 16 Set (Reuters) - O técnico do Real Madrid, José Mourinho, voltou a criticar a atitude de grande parte de seu time depois que os campeões sofreram uma derrota de 1 x 0 para o Sevilla, ficando oito pontos atrás do líder Barcelona, no sábado.

O Real concedeu o gol com meros dois minutos de jogo no campo do adversário quando um Piotr Trochowski desmarcado chutou por cobertura no canto, e a equipe foi dominada no embate penoso, do qual saiu com quatro pontos em suas primeiras quatro partidas.

"Só estou preocupado com meu time", disse Mourinho na coletiva de imprensa quando indagado sobre a diferença de pontos com seu arquirrival Barça, que bateu o Getafe por 4 x 1 mais cedo e se manteve invicto.

"Estou preocupado que, desde que a temporada começou oficialmente, só jogamos realmente bem na Supercopa da Espanha. Só lá. Mais do que pontos, estou preocupado que neste momento não tenho um time".

"Parabéns ao Sevilla, mereceram vencer, sem dúvida. Levamos o que merecemos, considerando como jogamos mal".

O Real inaugurou sua campanha com um empate em 1 x 1 com o Valência em casa, sofreu uma chocante derrota de 2 x 1 para o Getafe e, depois de derrotar o Barcelona na conquista da Supercopa da Espanha, conseguiu uma viória de 3 x 0 sobre o Granada em seu próprio campo.

Este último êxito pouco antes do intervalo de duas semanas para jogos e seleções, entretanto, rendeu manchetes para Cristiano Ronaldo.

Após a partida, o jogador mais caro do mundo declarou aos repórteres que não comemorou os dois gols por estar ‘triste por razões profissionais', e que o clube sabia por quê.

Sem comentários oficiais da hierarquia do Real, a mídia local tem especulado que Ronaldo almeja um contrato melhor, que quer ir embora ou que não sentiu ter tido o respeito que acha merecer de seus colegas de equipe e dos torcedores.   Continuação...

 
Técnico do Real Madri, José Mourinho, aguarda início da partida contra o Queens Park Rangers no estádio The Etihad em Manchester, Inglaterra. Mourinho voltou a criticar a atitude de grande parte de seu time depois que os campeões sofreram uma derrota de 1 x 0 para o Sevilla, ficando oito pontos atrás do líder Barcelona, no sábado. 01/09/2012 REUTERS/Phil Noble