22 de Setembro de 2012 / às 18:27 / 5 anos atrás

Pole em Cingapura, Hamilton busca 4a vitória seguida da McLaren

O piloto britânico de fórmula um Lewis Hamilton, da McLaren, dirige durante a sessão qualificatória do Grande Prêmio de Cingapura no circuito de Marina Bay. 22/09/2012 REUTERS/Pablo Sánchez

Por John O‘Brien

CINGAPURA, 22 Set (Reuters) - Lewis Hamilton, da McLaren, continuou sua recuperação na segunda metade da temporada ao conquistar a pole position do Grande Prêmio de Cingapura com uma direção segura no circuito de rua de Marina Bay no sábado.

O britânico venceu duas das últimas três corridas e diminuiu para 37 pontos a diferença para o líder Fernando Alonso a sete corridas do final, e está confiante para converter a quarta pole seguida da McLaren na quarta vitória seguida da equipe.

Hamilton venceu esta corrida em 2009 e se tornou o primeiro piloto a assegurar a pole por duas vezes em Cingapura, com uma volta de 1min46s362, quase meio segundo à frente da Williams de Pastor Maldonado, que guiou brilhantemente para assegurar um lugar na primeira fila.

“Os rapazes fizeram um grande trabalho durante toda a semana e vieram aqui com algumas pequenas coisas que foram aperfeiçoadas da última corrida”, disse Hamilton aos repórteres após a 24a pole de sua carreira.

“É um circuito incrivelmente complicado para o desgaste dos pneus... especialmente com o calor e a umidade daqui,” acrescentou o campeão de 2008.

“Penso que todos irão sofrer com isso, então nós temos que tentar e seguir adiante desde a largada e tentar manter a estratégia que nós planejamos.”

O atual campeão Sebastian Vettel tinha dominado as três sessões de treinos anteriores, mas sua Red Bull só terminou em terceiro com 1min46s905, pouco à frente do companheiro de Hamilton, Jenson Button.

“Estou um pouco desapontado e eu não sei porque não conseguimos ir mais longe, mas acho que terceiro é uma boa posição para largar”, disse Vettel.

ALONSO POSITIVO

Maldonado tem lutado para manter o ritmo desde sua vitória no Grande Prêmio da Espanha em maio, mas tomou o controle do seu carro durante o treino.

“Nós finalmente conseguimos ajustar o carro e no classificatório encontramos um equilíbrio muito bom e realmente estou ansioso para amanhã”, disse o venezuelano.

“Fizemos alguns testes longos ontem (sexta-feira) e foi muito bom para nós em termos de desgaste dos pneus.”

Alonso cravou o quinto tempo, mas o espanhol tem tido o hábito de somar pontos com sua Ferrari apesar de largar atrás no grid e vai procurar ter um desempenho semelhante no domingo, correndo em um circuito onde já venceu duas vezes.

“Largar em quinto no lado limpo vai nos oferecer boas possibilidades de lutar pelo pódio amanhã, o que talvez seja o máximo para este fim de semana”, disse o bicampeão.

“Acho que a estratégia será bem importante amanhã. Nós vimos no ano passado muito desgaste, muitos pit stops... temos que tomar cuidado com os pneus, os pit stops, quando fizermos. Muitas coisas podem influenciar amanhã, especialmente o tempo, porque uma chuva é sempre uma possibilidade.”

A lista dos dez primeiro se completa com Paul di Resta (Force India), Mark Webber (Red Bull), Romain Grosjean (Lotus), e a dupla da Mercedes, Michael Schumacher e Nico Rosberg.

A segunda sessão de treinos teve baixas importantes, como Felipe Massa, Kimi Raikkonen e Sergio Perez. Todos os pilotos foram unânimes em suas críticas à ‘Singapore Sling’, chicane da curva 10, que Vettel definiu como “a pior do calendário”.

Massa, da Ferrari, largará em 13o lugar, e Bruno Senna, da Williams, na 17a colocação.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below