Inglaterra gostaria de sediar finais da Eurocopa 2020

segunda-feira, 24 de setembro de 2012 13:54 BRT
 

Por Mike Collett

LONDRES, 24 Set (Reuters) - A Inglaterra iria gostar de sediar as semifinais e a final da Eurocopa 2020 se o plano do presidente da UEFA, Michel Platini, de realizar o torneio em toda a Europa se tornasse uma realidade, afirmou o presidente da federação inglesa, a FA, David Bernstein, nesta segunda-feira.

A ideia de Platini de ter jogos em 12 ou 13 países europeus com as fases finais em um único local será discutida pelo conselho executivo da UEFA em dezembro, com uma decisão devendo ser tomada no início do ano que vem.

"Claramente, o Wembley é incrivelmente bem considerado pela UEFA e é algo pelo qual nós provavelmente vamos pressionar", disse Bernstein em uma coletiva de imprensa em Wembley.

"A UEFA quer sediar as semifinais e a final no mesmo terreno, ou na mesma cidade, e acho que nós estaríamos em sua lista limitada --mas seria uma competição forte."

A Turquia manifestou o desejo de sediar o que será um torneio de 24 equipes em 2020, mas a sua proposta será descartada se Istambul receber os Jogos Olímpicos no mesmo ano.

Escócia, País de Gales e Irlanda também declararam seu interesse na realização das finais.

Platini esteve em Londres na semana passada e discutiu sua ideia de ter as finais em todo o continente com a FA, que ficaria animada em sediar o que efetivamente seria uma "semana de finais".

Platini ficou tão impressionado com a final da Liga dos Campeões de 2011 entre Manchester United e Barcelona no Wembley, que a UEFA concedeu a final de 2013 para o estádio também, o que coincide com as celebrações do aniversário de 150 anos da FA.