Platini quer Copa de 2022 no inverno boreal

terça-feira, 25 de setembro de 2012 19:17 BRT
 

LONDRES, 25 Set (Reuters) - O presidente da Uefa, Michel Platini, quer que a Copa de 2022, no Catar, seja realizada pela primeira vez durante o inverno do Hemisfério Norte, segundo entrevista publicada na terça-feira pelo jornal britânico Evening Standard.

"Espero que seja no inverno. Precisamos ir para o Catar quando for bom para todos participarem. O que é melhor para os torcedores?", disse Platini, referindo-se ao calor no país árabe.

Isso exigiria que o futebol europeu parasse durante um mês no inverno, incluindo o Campeonato Inglês, que não faz essa paralisação no fim do ano.

"Em dez anos, conseguimos decidir como adiar a temporada durante um mês. Janeiro é difícil para a Copa do Mundo, porque você tem a Olimpíada de Inverno. Se pararmos de 2 de novembro a 20 de dezembro, significa que, em vez de terminarmos (a temporada) em maio (do ano seguinte), paramos em junho. Não é um grande problema. É pelo bem da Copa do Mundo, a competição mais importante do mundo."

Platini, presidente da entidade que organiza o futebol europeu, votou a favor do Catar como sede da Copa de 2022 (e para a Rússia como sede em 2018).

"Votei no Catar porque era hora de ir para um país naquela parte do mundo. Eles se candidataram cinco vezes", disse Platini, que negou ter sofrido pressão política para isso - apesar de ter sido convidado pelo então presidente Nicolas Sarkozy para um jantar com o premiê do Catar antes do processo de escolha.

(Reportagem de Ed Osmond)

 
Presidente da Uefa, Michel Platini, é visto durante partida das eliminatórias para a Copa do Mundo entre França e Belarus, na França. Platini, quer que a Copa de 2022, no Catar, seja realizada pela primeira vez durante o inverno do Hemisfério Norte, segundo entrevista publicada na terça-feira pelo jornal britânico Evening Standard. 11/09/2012 REUTERS/Gonzalo Fuentes