Rússia terá 12 estádios na Copa do Mundo de 2018

sábado, 29 de setembro de 2012 18:30 BRT
 

Por Gennady Fyodorov

MOSCOU, 29 Set (Reuters) - Doze sedes, localizadas em 11 cidades russas, irão hospedar a Copa do Mundo de 2018, afirmaram o presidente da FIFA Sepp Blatter e organizadores do torneio durante um programa de TV no sábado.

A entidade mundial do futebol decidiu tirar Krasnodar e Yaroslavl da lista na sexta-feira, mantendo Moscou, São Petersburgo, Kaliningrado, Nizhny Novgorod, Kazan, Samara, Volgogrado, Rostov, Sochi, Saransk and Yekaterinburgo.

Moscou terá duas sedes --o estádio Luzhniki com 90 mil assentos que receberá a final, e a arena de 45 mil lugares que está sendo erguida pelo Spartak.

"Será a primeira Copa do Mundo disputada no Leste Europeu e na Rússia. Acho que será a melhor Copa da história," disse Blatter mais tarde, esbanjando elogios aos anfitriões.

"Eu digo que merece nota 10".

Saransk, a menor das concorrentes e com pouca tradição no futebol, foi considerada uma escolha duvidosa, junto a Yaroslavl, mas permaneceu na lista com a dispensa de Krasnodar, ao sul do país.

As sedes foram agrupadas por critem quatro grupos geográficos: central, localizada ao redor de Moscou; norte, com São Petersburgo e Kaliningrado; a região do Volga, com Kazan, Nizhny Novgorod, Samara, Saransk e Volgogrado; e sul, com Sochi e Rostov.

Yekaterinburgo, localizada no pé das montanhas do Ural, próximo à fronteira entre Europa e Ásia, a 1.800 km de Moscou, está em um grupo separado por conta da distância para as outras sedes.