Árbitros ingleses discriminam estrangeiros, diz Agüero

segunda-feira, 1 de outubro de 2012 13:47 BRT
 

LONDRES, 1 Out (Reuters) - O atacante argentino Sergio Agüero, do Manchester City, acusou os árbitros do Campeonato Inglês de preconceito contra jogadores estrangeiros, ignorando pênaltis sofridos e punindo-os exageradamente por simulações.

Agüero marcou no sábado seu primeiro gol da temporada, na vitória do City sobre o Fulham por 2 x 1.

Seus compatriotas Pablo Zabaleta e Carlos Tevez protagonizaram lances polêmicos na partida, em que o juiz não deu dois pênaltis pedidos pelos jogadores. Depois do jogo, jornalistas lhe perguntaram se essas não marcações tinham a ver com a origem dos jogadores envolvidos.

"Sim, sempre", respondeu. "Acontece em todo lugar. Aqui na Inglaterra, há quase tantos jogadores estrangeiros quanto jogadores ingleses, e... há um pouco de preconceito com jogadores que vêm de outro país, mas isso é normal."

"Nós simplesmente jogamos nosso jogo, e o trabalho do árbitro é saber quem está fingindo e quem não está."

Como que comprovando o que Agüero disse, o zagueiro brasileiro David Luiz recebeu cartão amarelo por simular falta durante a vitória de 2 x 1 do seu Chelsea contra o Arsenal, ao passo que o inglês Carl Jenkinson foi poupado depois de uma simulação muito mais explícita.

(Por Mike Collett)

 
Atacante argentino Sergio Agüero vai a sessão de treinamento antes de jogo classificatório para a Copa do Mundo de 2014 contra o Paraguai, em Buenos Aires. Agüero, do Manchester City, acusou os árbitros do Campeonato Inglês de preconceito contra jogadores estrangeiros, ignorando pênaltis sofridos e punindo-os exageradamente por simulações. 04/09/2012 REUTERS/Marcos Brindicci