Ferrari culpa túnel de vento por fracasso em desenvolvimento do carro

sexta-feira, 5 de outubro de 2012 16:26 BRT
 

Por Alan Baldwin

SUZUKA, Japão, 5 Out (Reuters) - A Ferrari planeja fechar e recalibrar seu antigo túnel de vento da Fórmula 1, depois de atribuir a ele a culpa por uma série de fracassos nesta temporada.

O chefe da equipe, Stefano Domenicali, disse que eles descobriram que alguns melhoramentos aerodinâmicos produzidos para manter o carro do líder do campeonato Fernando Alonso competitivo tinham funcionado no túnel, mas não na pista.

Ele afirmou em uma entrevista coletiva, no Grande Prêmio do Japão, que a equipe decidirá, nas próximas semanas, como proceder e quanto tempo levaria para reformar o túnel que "não está obsoleto, mas não em compasso com a velocidade das novas tecnologias disponíveis no mercado".

A Ferrari tem usado o túnel de vento da Toyota em Cologne, assim como um da fábrica Maranello, na Itália.

Alonso venceu três corridas nessa temporada e está a 29 pontos do bicampeão da Red Bull, Sebastian Vettel, no campeonato, a seis corridas do final. Seu companheiro de equipe, o brasileiro Felipe Massa, marcou apenas 51 pontos, em comparação com os 194 do espanhol e a Ferrari está em terceiro na disputa das construtoras.